Saiba como o uso da máquina virtual traz vantagens no dia a dia da sua empresa

Foto do autor

O uso da máquina virtual (VM) tornou-se cada vez mais comum nos negócios. Seja para trabalhar com mais de um sistema operacional ou garantir a segurança em testes e provas de conceito, a virtualização é uma ferramenta poderosa.

Na realidade, essa inovação já era famosa nos setores de tecnologia e empresas que fazem desenvolvimento de softwares, mas se popularizou nos últimos anos. Principalmente por dar suporte à crescente demanda dos modelos híbridos ou remotos de trabalho. 

Porém, as vantagens da máquina virtual não são somente estas e, geralmente, é possível dizer que esta permite aos negócios serem mais eficientes e otimizar custos. Por conta disso, vale a pena conhecer esse advento que habilita um “computador dentro do computador”. 

Neste artigo, você verá:

  • Conheça a máquina virtual;
  • Por que isso é importante em um negócio?
  • Como funciona a VM no servidor em nuvem;
  • Operação no ambiente digital traz benefícios;
  • Conectividade dá suporte.

Conheça a máquina virtual

Não há dúvidas de que a evolução tecnológica já permitiu uma otimização no modo de trabalhar em diferentes negócios e setores. E, certamente, a máquina virtual é um bom exemplo disso.

Também conhecida como VM (sigla do termo em inglês “virtual machine”), a tecnologia consiste em criar um novo ambiente digital dentro de um computador. Nesse espaço, há a capacidade de executar um sistema operacional completo, semelhante (ou mesmo diferente) do utilizado no equipamento.

Por exemplo, se no escritório há uso do Windows, mas, para algum projeto específico, é preciso utilizar o sistema OS do Linux, a VM é a solução. Da mesma forma, imagine um caso em que uma aplicação muito importante para o trabalho só funcione na versão antiga do sistema operacional. Assim, é possível manter o sistema desatualizado com esse aparato e seguir com o atualizado no notebook físico para evitar problemas de performance.

Em outras palavras, a máquina virtual funciona como um computador independente do dispositivo ou “um computador dentro do computador”. 

Webinar | Computação em nuvem ajuda na área financeira_V1

Por que isso é importante em um negócio?

Conforme a capacidade do equipamento que funcionará como host ou hospedeiro, diversas VMs podem ser instaladas ao mesmo tempo. Esses ambientes têm propósitos específicos, podendo ser customizados com:

  • Sistemas operacionais diferentes;
  • Volume de memória necessária para as devidas tarefas;
  • Tipo de aplicações instaladas;
  • Quantidade de espaço dedicado.

Na prática, essa estratégia pode tornar desnecessário manter algum hardware físico, resultando na economia de recursos de informática e de energia. 

Embora qualquer otimização de custos seja importante, no caso, é ainda mais crucial quando se consideram os gastos mundiais com TI. De acordo com publicação do Gartner de janeiro de 2022, estes devem chegar a US$4,5 trilhões. E, no próximo ano, é estimado que tal valor aumente em 5%.

Além disso, a máquina virtual é uma maneira de fornecer uma experiência segura de área de trabalho remota para os funcionários. E isso se tornará ainda mais fundamental no futuro.

Afinal, 58% dos trabalhadores brasileiros consideram a transição para um modelo híbrido ou remoto ainda neste ano. É o que aponta o Índice de Tendências do Trabalho 2022, divulgado pela Microsoft em março de 2022. 

O relatório ainda mostra que 54% dos líderes globais estão focados na reformulação das salas de reunião em novos modelos de trabalho. Entre as principais mudanças, estão a adoção de novas tecnologias.


LEIA MAIS: Como liderar equipes híbridas em 2022


Como funciona a máquina virtual no servidor em nuvem

Como mencionado anteriormente, a mobilidade no trabalho é uma tendência para o futuro. Sendo assim, essa flexibilidade também deve permear no ecossistema dos escritórios e nas tecnologias utilizadas. 

Nesse sentido, é importante ressaltar que a máquina virtual pode ser criada em um servidor na nuvem. Assim, a VM consegue se aproveitar, por exemplo, da escalabilidade pertinente ao ambiente de cloud.

Então, quando a nuvem é hospedeira, a capacidade de armazenamento e processamento nas máquinas virtuais pode ser facilmente ajustada. Aliás, existem sistemas que oferecem os serviços de VMs juntamente aos da nuvem, como é o caso do Cloud Server da Vivo Empresas.

Ademais, a computação em nuvem também é uma das tendências tecnológicas constantes nos negócios. Inclusive, é responsável por um crescimento de investimentos de 11% no segmento de software corporativo em 2022. Isso ocorre, principalmente, devido à busca das organizações por tecnologias que suportem flexibilidade e agilidade, segundo artigo do Gartner, publicado em janeiro de 2022.

Operação no ambiente digital traz benefícios

Independentemente do negócio, o uso desse recurso pode trazer benefícios amplos para a empresa, seja em questão de produtividade ou na otimização de recursos. Confira cinco vantagens de implementar a tecnologia de máquina virtual no cotidiano empresarial.

Economia

  • Potencialmente diminui as despesas de TI, uma vez que consolida diversas cargas de trabalho nas VMs em um computador físico;
  • Otimiza o uso de energia por concentrar o trabalho em um dispositivo.

Flexibilidade

  • Permite a execução de aplicativos legados e sistemas operacionais mais antigos;
  • Facilita a transição para novos hardwares, mantendo o ambiente digital corporativo intacto.

Praticidade

  • Permite o uso de diferentes tipos de sistemas operacionais (Linux, Windows etc.);
  • É um modelo facilmente replicável;
  • O acesso à máquina virtual pode ser liberado aos funcionários logo após a configuração.

Segurança

  • Gera cópias de segurança automaticamente, processo conhecido como snapshot, que facilita a recuperação de arquivos;
  • Mantém os sistemas isolados, garantindo que aquilo que for feito via máquina virtual não afete o computador físico.

Inovação

  • Oferece as condições perfeitas ao desenvolvimento de softwares;
  • Traz eficiência à implementação de provas de conceito e ambientes DevTest.

Implementando uma máquina virtual

Para a virtualização da área de trabalho, é preciso selecionar um hypervisor, ou monitor de VM, que irá realizar o processo. Esse é um software que atua na integração entre o físico e o virtual, distribuindo os recursos necessários, como processadores, memória e armazenamento.

Entre eles, há os monitores de tipo 1 e tipo 2. O primeiro é conhecido como bare-metal, interage de forma direta com o hardware do dispositivo físico, mas é independente do OS do host. Já no segundo, chamado de hosted, o hypervisor roda no sistema operacional do computador hospedeiro.

Sendo assim, é apropriado conhecer alguns dos principais programas e suas diferenças, a fim de habilitar tal ferramenta no mercado. Veja, abaixo, dois exemplos e suas características:

VirtualBox, Oracle

  • Gratuito;
  • Pode ser instalado em hosts com macOS, Linux e Windows (multiplataforma);
  • Suporta virtualização de hardware e software;
  • Hypervisor tipo 2.

Hyper-V, Microsoft

  • Gratuito;
  • Pode ser instalado em hosts com Windows;
  • Suporta virtualização de hardware;
  • Hypervisor tipo 1.

Conectividade dá suporte

São poucos os elementos necessários para que uma máquina virtual funcione, mas um dos componentes cruciais é a conectividade

Sem o acesso à internet de qualidade, grande parte das soluções digitais, inclusive as em nuvem, perdem sua eficiência e comprometem a experiência do usuário. Em outras palavras, a conectividade é o diferencial entre aproveitar a tecnologia implementada ou não. 

Por conta dessa importância, o gestor que busca adicionar VMs ao cotidiano da empresa, precisa também garantir uma boa conexão. Aliás, há serviços que já são voltados exclusivamente a essa finalidade, como é o caso da Wan2Cloud. A solução oferece conectividade direta e segura para acesso a serviços em Cloud, Hosting e Colocation.

A conexão móvel também é uma saída capaz de manter a mobilidade do modelo de negócio e existem muitas opções que podem ser dimensionadas à demanda da empresa. Seja como for, garantir uma internet estável e de qualidade é primordial na hora de usufruir dos benefícios da máquina virtual.

Uma solução para diversos tipos de negócios

Seja para modernizar, economizar ou priorizar o desenvolvimento de aplicações, a máquina virtual é uma solução que se encaixa em muitos cenários. Sobretudo, é por causa dessa tecnologia ser multifacetada que tal ferramenta segue ganhando adeptos em todo o mundo.

O mercado de virtualização de desktop deve crescer de US$ 12,3 bilhões em 2022 para US$ 20,1 bilhões em 2027. Nessa estimativa, publicada no relatório da Markets and Markets, em maio de 2022, a taxa de crescimento anual composta (CAGR) prevista é de 10,3%.

Em conclusão, o uso da máquina virtual pode trazer um diferencial estratégico no presente e no futuro, garantindo mobilidade e otimização de recursos em diversos setores. E a Vivo Empresas pode ajudar, com um portfólio repleto de soluções que auxiliam negócios de todos os portes a se digitalizar. 

Gostou de conhecer esse processo de virtualização? Conheça ainda outras tecnologias que ajudam a trazer eficiência ao dia a dia corporativo:

Até a próxima!

Foto do autor
Solicite um contato