Como a tecnologia prepara seu negócio para mais vendas no Dia dos Namorados

01/06/2021 às 16:42

Datas comemorativas no Brasil tendem a impulsionar o comércio de modo geral – e no caso das vendas no Dia dos Namorados, não poderia ser diferente. 

Considerada por muitos como uma das principais oportunidades para o varejo no ano, a ocasião é uma oportunidade de aumentar a lucratividade. A verdade, porém, é que o setor sofreu em 2020, registrando uma queda de até 20% em estados como São Paulo, na comparação com 2019.

À época, os principais obstáculos para o sucesso da data giravam em torno do fechamento de estabelecimentos não essenciais, que impossibilitava o público de visitar lojas físicas e comprar. 

Já em 2021, no entanto, analistas apostam em uma recuperação – possibilitada, em grande parte, pela tecnologia. Estima-se que o crescimento do comércio eletrônico, aliado à retomada gradual das atividades presenciais, culmine numa alta de quase 30% nos lucros, aproximadamente o mesmo patamar registrado no último ano sem pandemia.

Com isto em mente, é importante conhecer melhor o papel da tecnologia na retomada das vendas no dia dos namorados. A seguir, portanto, confira algumas dicas para sair na frente durante essa data comemorativa e aproveite para descobrir também:

  • A importância do dia dos namorados para o varejo brasileiro;
  • Prepare seu negócio: o que o cenário de 2020 pode nos ensinar;
  • Poderosos avanços para aproveitar em 2021;
  • Alguns lembretes para garantir bons resultados

Vendas no Dia dos Namorados: como chegamos aqui

vendas-no-dia-dos-namorados
O dia dos namorados começou como tática de marketing e hoje é fenômeno cultural 

À primeira vista, o Dia dos Namorados brasileiro parece ser bem antigo. Afinal, o Dia de São Valentim, de onde decorre a data comemorativa, é festejado mundo afora há séculos, seja em fevereiro ou em julho.

Adicionalmente, trata-se de uma ocasião que já faz parte da cultura brasileira, sendo também uma das mais lembradas pela população. Mas a verdade é que, ao menos no Brasil, o dia dos namorados é um conceito relativamente recente.

Conforme indica a BBC, a celebração só passou a ocorrer por aqui em 1948, quando foi criada para movimentar o mercado no mês de junho. Isso porque, à época, o período era de baixa no varejo.

Apesar de sua criação com base nas vendas do dia das mães, e da escolha pelo mês de junho ser fruto de aspectos comerciais, a data em si foi escolhida pela sua simbologia no imaginário brasileiro, sendo comemorada na véspera do Dia de Santo Antônio, considerado o “santo casamenteiro” no país.

Embora o Dia dos Namorados como o conhecemos tenha sido criado em São Paulo, não demorou muito para que outras capitais também aderissem à festividade. Já em 1949, cidades de todo o Brasil também promoviam o dia 12 de junho como ideal para presentear a quem se ama.  

Atualmente, conforme explica o SEBRAE, a data já é a terceira no ranking das que mais movem o comércio no país (perdendo apenas para o Natal e Dia das Mães). 

Certamente, a naturalidade com que a festividade caiu no gosto do brasileiro e se integrou à cultura privilegia as vendas no Dia dos Namorados. 

E em razão de tanta importância para o setor, essa é uma ocasião que exige que o varejista prepare seu negócio. Afinal, mesmo com as dificuldades econômicas  ocasionadas pela pandemia, espera-se que a data movimente R$ 1,8 bilhão, resultado não muito diferente do visto em 2019, quando não havia crise sanitária. 

E-book | Impulsionar vendas em datas comemorativas _V1

Prepare seu negócio: o que o cenário de 2020 pode ensinar ao setor varejista

Assim como em todo tipo de planejamento, convém analisar os ensinamentos do passado para se preparar para o futuro. Da mesma forma, esse entendimento também é válido para as vendas no dia dos namorados, que muito têm a ganhar com o aprendizado adquirido nos últimos meses. 

2020 foi um ano bastante complexo, com altos e baixos para diferentes empreendedores, dependendo do ramo e da metodologia de trabalho. Àquela época, estatísticas bastante preocupantes pintavam um cenário desesperador para a atividade comercial.

Segundo reportagem da revista Valor Econômico, de junho daquele ano, 2020 representou uma forte queda nas vendas no dia dos namorados – isto após ter sido um ano recorde de baixa lucratividade no dia das mães.

Analisando o período de 6 a 12 de junho de 2020, e comparando-o com o mesmo período em 2019, a publicação indicou uma queda de 27,8% em receitas. Segundo Luiz Rabi, economista da Serasa Experian, a principal causa para a baixa foi o fechamento do comércio como medida preventiva contra a Covid-19.

Porém, há um ponto positivo: as compras online.

Também em comparação com o ano anterior, as compras digitais em 2020 tiveram um aumento de 117% no faturamento, como indica o portal E-Commerce Brasil.

Apesar de ainda não ter sido o bastante para reverter o cenário negativo naquele ano, tal estatística indica uma forte mudança de hábito no consumidor.  Essa, por sua vez, aponta para um esperado crescimento do mercado digital. 

Inclusive, a partir de outros dados levantados pelo portal, foi possível analisar que, próximo ao dia dos namorados em 2020,  o volume de downloads de aplicativos de e-commerce aumentou em 144%.

Por fim, outro fator que pode explicar a alta expectativa para essa data em 2021 é o desempenho de outras ocasiões especiais deste ano. Nesse sentido, um bom exemplo é o dia das mães, que embora tenha amargurado baixa lucratividade no início da pandemia, causou uma alta de 14% nas vendas digitais durante o último mês de maio.


LEIA MAIS: Vendas online em alta: seu e-commerce está preparado para receber mais visitantes?


Técnicas e avanços no mundo digital para impulsionar as vendas no dia dos namorados

Com o crescimento do mercado online, também mudam as técnicas utilizadas para chamar a atenção do público, agora predominantemente virtual. Assim, o uso de recursos como e-mail marketing ainda é importante, porém, opções mais conectadas, inteligentes e eficientes também estão se proliferando. 

Algumas destas táticas já são adotadas, por exemplo, pelo setor de tecnologia, que tende a ser o primeiro a incorporar o uso de novas estratégias digitais. 

Mas, só porque sua presença começou neste ramo, não quer dizer que outros ramos não possam aproveitá-las. Isto inclui os segmentos que tendem a sair na frente no dia dos namorados, como perfumaria e vestuário

A seguir, confira as principais tendências em mídia digital que podem ajudar o seu negócio nesta data comemorativa:

1. Landing pages

Estas páginas especiais, focadas em produtos ou serviços específicos, são muito usadas em conjunto com campanhas de mídias pagas, como o Google Ads.

E é importante lembrar que, só por já serem conhecidas pelo mercado digital, não quer dizer que landing pages estejam ultrapassadas. Inclusive, o seu uso está entre as principais dicas destacadas pelo portal Resultados Digitais para aumentar as vendas no dia dos namorados.

2. Hotsites:

Outra tática muito interessante para as vendas no dia dos namorados, como apontado pelo guru do marketing digital, Neil Patel, são os hotsites.

De certa forma, esses são uma evolução das landing pages, onde, ao invés de uma única página, a empresa cria um pequeno site inteiro para a sua campanha. Mas outra diferença importante, além da escala, é que os hotsites dão espaço para a elaboração de conteúdo sobre o tema, não focando só nas conversões.

3. Notificações push

Mais uma estratégia interessante, e que tem se tornado mais comum conforme o uso de smartphones cresce no país, é aproveitar as notificações push para marketing.

Atualmente, os alertas emitidos diretamente no celular são uma poderosa ferramenta para vendas, com a habilidade de divulgar promoções instantaneamente. Outro uso muito interessante desse recurso é para evitar que o cliente esqueça de fechar a compra

Se o seu negócio sofre com usuários preenchendo o carrinho de compras sem finalizar o pedido, é possível fazer uso das notificações para enviar um pequeno lembrete e evitar que a venda seja perdida.

E estes são só alguns exemplos – também é válido usar os alertas para promover eventos, lançamentos de produtos, destacar funções do seu app ou mesmo para divulgar landing pages e hotsites.


LEIA MAIS: Avanço nas telecomunicações foi crucial para transformação digital de empresas


Estratégias para vender mais com tecnologia

vendas no dia dos namorados
Nesse Dia dos Namorados 2021, aposte em descontos e benefícios de frete para vender mais

Apesar da inegável importância do comércio eletrônico, não basta ter uma loja virtual para aumentar as vendas no Dia dos Namorados. É preciso se destacar. 

Desse modo, uma tática válida para chamar atenção são os descontos. Conforme aponta uma pesquisa feita em junho do ano passado pela Social Miner e pela Opinion Box, até os que não pretendiam comemorar a data mudariam de ideia mediante boas promoções (34,80%) e bons preços (33,3%).

Da mesma forma, outro meio de atrair o interesse do consumidor é oferecer vantagens no frete. Embora esse seja um ponto de dificuldade para os varejistas, visto que os custos de logística e transporte normalmente dependem de prestadoras terceirizadas, vale um esforço para reduzir ou abater a taxa.

Conforme aponta o estudo O Caminho para a Retomada: os Picos de Venda para 2020 Repensados, da Rakuten Advertising, 43% dos consumidores são incentivados a comprar quando há benefícios consideráveis na entrega.. 

Entregas

Alertar sobre o prazo de entrega também é imprescindível em datas comemorativas, uma vez que, para os presentes do Dia dos Namorados, é primordial que a compra chegue até o dia 12 de junho. 

Ofertar vale-presentes é outra saída para os indecisos ou para aqueles que estão acostumados a comprar acompanhados dos parceiros. Por isso, invista em layouts atraentes para os cupons.

Da mesma forma, também é válido apostar em pacotes personalizados e “instagramáveis”, oferecendo uma experiência completa ao cliente – desde a chegada da encomenda até o momento de descobrir do que se trata o presente.

Outra ideia é oferecer um combo diferenciado, firmando colaboração com outros empresários.

Uma revenda de chocolates, por exemplo, poderia fazer uma parceria com uma floricultura, vendendo um pacote com os dois produtos. Essa é uma estratégia interessante, afinal, pode ser implementada tanto por pequenos negócios quanto por grandes varejistas.

Por fim, para oferecer uma boa experiência de compra online, o varejista precisa ter boas soluções tecnológicas, tais como:

  • Conectividade: se a ideia é atrair mais clientes para a sua loja virtual, não se pode correr o risco do canal ficar fora do ar no momento da compra;
  • Ferramentas de colaboração: permitem a atuação em equipe, sincronia nos processos e atividades; 
  • Soluções como Smart Empresas: para que os vendedores possam realizar atendimentos por intermédio do WhatsApp, além de ter acesso a conexões móveis e ligações ilimitadas.

Conclusão

Apesar dos últimos meses terem sido desafiadores para o comércio, as vendas online continuam crescendo. Da mesma forma, a despeito do cenário pandêmico, as vendas no Dia dos Namorados ainda são uma importante oportunidade para aumentar os lucros.

Nesse sentido, o uso inteligente de soluções como Conectividade e Internet das Coisas, permite preparar o seu negócio para datas comemorativas como essa. 

Assim, o estabelecimento consegue não só suportar a demanda maior, comum a essas ocasiões especiais, mas também consegue aprimorar a experiência do consumidor, fidelizando-o.

No entanto, é válido ressaltar que a adoção de novas tecnologias requer o uso de infraestruturas modernas e confiáveis, o que exige a contratação de parceiros consolidados.  

Atenta a esse movimento, a Vivo Empresas construiu um portfólio com serviços capazes de se ajustar às necessidades de companhias de todos os setores e tamanhos.

Estão disponíveis soluções variadas em Cloud, Segurança, Big Data, além de Equipamentos, Ferramentas de Colaboração e Gestão de TI. E num momento crítico como esse, o ideal é contar com quem possui não só expertise, mas também versatilidade para acompanhar a evolução do seu negócio.

Quer saber mais sobre como a tecnologia pode apoiar o varejo em datas comemorativas? Veja os artigos que separamos para você:

Até a próxima!

Compartilhe este conteúdo!

Solicite um contato
campo obrigátório

Enviamos conteúdos do seu interesse para seu e-mail, cancele a qualquer momento.

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio