O que é franchising? Conheça os benefícios deste modelo de negócios

Foto do autor

Franchising, ou sistema de franquias, é um modelo de negócios muito utilizado por grandes marcas e tem ganhado cada vez mais destaque no cenário empreendedor.  

E esse destaque não é à toa. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor faturou mais de R$ 211 bilhões e cresceu 14,3% em 2022. E tem mais! Uma pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM) revelou que a taxa de sobrevivência das franquias é maior em relação aos negócios independentes, o que torna esse modelo ainda mais atrativo para empreendedores. 

Além do panorama favorável, esse mercado oferece as mais diversas vantagens que podem impulsionar o sucesso do empreendimento. Acompanhe este artigo e descubra: 

  • A história do franchising 
  • O que é franchising  
  • Características e vantagens do sistema de franquias 
  • Taxas de investimento 
  • Passo a passo para investir em uma franchising 

Uma história de sucesso 

O franchising, em sua forma moderna, surgiu nos Estados Unidos na primeira metade do século XX. O modelo de negócio foi impulsionado por uma série de circunstâncias favoráveis que permitiram seu desenvolvimento e expansão. 

Uma das principais influências para o surgimento das franchisings foi a necessidade de expansão rápida das empresas em um cenário pós-Depressão Econômica dos anos 1930. As empresas buscavam formas de crescer e chegar a novos mercados de maneira ágil e eficiente. Nesse contexto, o modelo de franquias se mostrou como uma solução viável e inovadora. 

Foi em 1930 que os irmãos Richard e Maurice McDonald abriram um modesto restaurante de hambúrgueres na Califórnia, EUA. Esse foi o embrião do que se tornaria mais tarde uma das maiores redes de fast-food do mundo. Eles desenvolveram um sistema de produção eficiente e padronizado, que permitia a rápida preparação dos alimentos e a redução do tempo de atendimento. 

O potencial de crescimento e a eficiência operacional dos irmãos McDonald chamaram a atenção de Ray Kroc, um vendedor de máquinas de milk-shake. Em 1954, Kroc tornou-se o primeiro franqueado dos irmãos McDonald e, posteriormente, adquiriu os direitos de franquear o negócio. Assim, ele fundou a McDonald’s Corporation e iniciou um plano ambicioso de expansão. 

O modelo utilizado pela McDonald’s foi pioneiro e se tornou referência para outras empresas que buscavam expandir seus negócios, abrindo caminho para a consolidação das franchisings como uma estratégia poderosa de crescimento empresarial.  

A partir daí, o franchising se disseminou por diversos setores, como varejo, serviços, educação, saúde e muitos outros. Empresas de diferentes tamanhos adotaram o modelo, permitindo que seus negócios alcançassem uma escala jamais vista antes. 

Hoje, essa é uma das formas mais eficientes e seguras de expansão de negócios em todo o mundo. O modelo continua evoluindo e se adaptando às novas demandas do mercado, sempre proporcionando oportunidades de crescimento e sucesso tanto para franqueadores quanto para franqueados. 

E-book | Impulsionar vendas em datas comemorativas _V1

Definindo o conceito: o que é franchising? 

Antes de começar, você deve estar se perguntando: mas qual a diferença entre franquia e franchising? Então vamos às definições! 

Uma franquia é uma unidade de negócio gerida pelo empreendedor, licenciada para utilizar a marca de uma franqueadora. Por outro lado, o franchising é um modelo de negócios que consiste na concessão do direito de uso de uma marca a um investidor. 

Assim como em um relacionamento feliz, o sistema de franquias é uma aliança de sucesso em que as duas partes são beneficiadas. Nessa modalidade de negócio, que se destaca pela sua eficiência e potencial de expansão, uma empresa que obteve sucesso em seu mercado (o franqueador) concede a outros empreendedores (os franqueados) o direito de utilizar sua marca, produtos ou serviços em unidades de negócio independentes. 

O franqueador compartilha sua experiência e expertise, fornecendo aos franqueados manuais operacionais detalhados, treinamentos especializados e suporte contínuo. Com esse conhecimento em mãos, o franqueado investe na abertura de uma unidade de franquia, que opera sob a marca e os padrões estabelecidos pelo franqueador. 

A sinergia entre franqueador e franqueado se traduz em crescimento acelerado. Enquanto o franqueador expande sua marca com menor investimento, o franqueado aproveita o prestígio de uma marca já consolidada, reduzindo riscos e aumentando as chances de sucesso do negócio. 

Principais características e vantagens do franchising 

Além de ser marcado por algumas características que o diferenciam de outros modelos de negócios, o franchising conta com vantagens de brilhar os olhos de qualquer empreendedor que busca uma rota segura para o crescimento. 

  • Relação contratual: a base do franchising é um contrato sólido e abrangente que regula a relação entre o franqueador e o franqueado. Esse contrato estabelece todos os termos e condições da franquia, garantindo transparência e segurança para ambas as partes. 
  • Suporte e treinamento: o franqueador desempenha um papel ativo ao fornecer suporte e treinamento contínuos aos franqueados. Essa assistência engloba diversos aspectos, desde a escolha do ponto comercial até a gestão financeira, marketing e atendimento ao cliente. O objetivo é assegurar que cada franquia opere com excelência, mantendo os padrões de qualidade e eficiência estabelecidos pelo franqueador. Com equipes bem treinadas, o atendimento ao cliente e a qualidade dos produtos são elevados a um nível superior. 
  •  O poder de uma marca reconhecida: ao se tornar um franqueado, você entra em um universo de marcas já estabelecidas e com boa reputação. Essa é uma das principais vantagens que impulsionam o sucesso do negócio. Imagine começar com uma marca já conhecida e respeitada no mercado? Isso agrega valor e credibilidade ao seu empreendimento, facilitando a atração de clientes e acelerando seu crescimento. 
  • Uma rota testada e aprovada: enfrentar os desafios iniciais de um novo negócio pode ser assustador, mas o franchising oferece uma rota já testada e aprovada pelo franqueador. Isso significa que você seguirá os passos de um modelo de negócio bem-sucedido, reduzindo significativamente os riscos nos primeiros anos de operação. Com uma base sólida, você estará pronto para crescer e prosperar. 
  • Economia de escala a seu favor: um benefício valioso desse sistema é a economia de escala. O poder de compra do franqueador beneficia toda a rede de franquias, o que significa que você terá acesso a insumos e fornecedores a preços mais competitivos. Essa economia de escala contribui para a melhoria da sua margem de lucro, tornando o negócio mais rentável e atraente. 

Entendendo os pilares do investimento: taxas de franchising 

Ao considerar a adesão ao sistema de franchising, é essencial compreender as taxas que compõem esse modelo de negócio. Por ser um modelo de negócio baseado em parceria entre franqueador e franqueado, para viabilizar essa relação de confiança e cooperação, a rede de franquias envolve algumas taxas que são fundamentais para a sua sustentabilidade e funcionamento. 

 Taxa de franquia: o investimento inicial 

A taxa de franquia é o valor pago pelo franqueado no momento da assinatura do contrato. Esse valor representa o investimento inicial necessário para ingressar na rede de franquias e usufruir da marca. A quantia varia de acordo com o porte e a relevância da marca, bem como os serviços e benefícios fornecidos pelo franqueador. Essa cobrança é uma forma de compensação pelo acesso a um modelo de negócio testado e aprovado, além de garantir o direito de uso de uma marca consolidada no mercado. 

Royalties: o suporte contínuo 

Os royalties são pagamentos periódicos que o franqueado realiza ao franqueador, em geral mensalmente, em troca do suporte contínuo e do uso da marca e dos recursos disponibilizados pela franquia. Esses pagamentos são essenciais para a manutenção e o desenvolvimento da rede de franquias, possibilitando que o franqueador continue oferecendo assistência, atualizações, treinamentos e inovações aos franqueados. A taxa de royalties pode variar de acordo com o faturamento do franqueado, o que estimula uma relação simbiótica de crescimento, em que o sucesso do franqueado contribui para o sucesso do franqueador e vice-versa. 

Fundo de propaganda: fortalecendo a marca 

O fundo de propaganda é uma taxa destinada a ações de marketing e publicidade que promovem a marca e a rede de franquias como um todo. Essa taxa é arrecadada dos franqueados e utilizada para financiar campanhas de marketing em nível regional ou nacional, aumentando a visibilidade da marca e atraindo clientes para todas as unidades. Ao contribuir com o fundo de propaganda, os franqueados têm a oportunidade de participar de ações de marketing em escala maior do que seria possível individualmente, fortalecendo a marca e impulsionando o sucesso de toda a rede. 

Guiando o seu sucesso: passo a passo para investir em uma franquia 

Investir em uma franchising pode ser uma jornada emocionante e repleta de oportunidades. Para garantir o sucesso nessa empreitada, é essencial seguir um passo a passo sólido e bem planejado: 

Autoavaliação e pesquisa 

Antes de tudo, faça uma autoavaliação honesta sobre seus interesses, habilidades e metas financeiras. Identifique o setor e o tipo de negócio que mais se alinham ao seu perfil. Realize uma pesquisa detalhada sobre as franquias disponíveis no mercado, analisando o histórico da marca, o suporte oferecido aos franqueados e a reputação no mercado. 

Análise financeira 

Com uma lista de franquias de interesse, avalie os custos de investimento, incluindo a taxa de franquia, royalties, capital de giro e despesas iniciais. Calcule o retorno esperado do investimento e analise o prazo para obter lucro. É fundamental entender completamente os aspectos financeiros antes de tomar uma decisão. 

Contato com franqueadores 

Entre em contato com os franqueadores das franquias escolhidas. Participe de reuniões e converse com outros franqueados da rede para obter informações valiosas sobre o negócio. Faça perguntas sobre o suporte oferecido, treinamentos, expectativas de desempenho e o plano de expansão da marca. 

Plano de negócios 

Elabore um plano de negócios detalhado que inclua projeções financeiras, estratégias de marketing e operacionais. Um plano bem estruturado é fundamental para obter financiamento e guiar a operação da franquia.  

Financiamento 

Caso seja necessário, busque opções de financiamento para o investimento. Pode ser por meio de recursos próprios, empréstimos bancários ou parcerias financeiras. 

Abertura da franchising  

Com o treinamento concluído, prepare-se para a abertura da franquia. Organize a estrutura física, contrate a equipe, inicie as estratégias de marketing para atrair clientes e comece a contar com os serviços da Vivo Empresas para garantir uma gestão eficiente do negócio. Por meio do Vivo Gestão de Vendas, você poderá otimizar processos, automatizar as etapas de vendas, acompanhar indicadores e tomar decisões estratégicas de forma mais eficiente. 

Para reforçar a presença da sua franquia na internet e alcançar um público maior, a Vivo também oferece ferramentas como o construtor de site, que permite criar uma página on-line de forma rápida e fácil, e o e-mail profissional, essencial para fortalecer a comunicação com clientes e parceiros. 

Outro recurso fundamental para destacar a franquia nos mecanismos de busca é a SEO Tool. Com ela, você poderá otimizar o conteúdo do seu site e melhorar o ranqueamento nos resultados de busca, aumentando a visibilidade e atraindo potenciais clientes. 

Aproveite todos esses recursos para alcançar resultados ainda mais positivos e tornar sua franquia uma referência no mercado. 

Gostou deste conteúdo? Então aproveite para conferir: 

Abraços, 

Equipe Vivo Meu Negócio! 

Foto do autor
Solicite um contato