O papel do SD-WAN na transformação digital das empresas

Entenda na prática como a tecnologia suporta esse avanço, com a gestão de redes e aumento da produtividade e da performance do negócio

27/10/2020 às 23:40

Tecnologia é utilizada por cada vez mais empresas para criar gerenciamento de redes mais simples

A tecnologia é uma aliada das empresas, trazendo soluções que têm impacto no dia a dia e com resultados positivos para os negócios. Nesse contexto, o SD-WAN, abreviação de Software Defined Wide Area Network (traduzindo, Rede de Área Ampla Definida por Software), é a base para que o movimento da transformação digital aconteça com melhor qualidade. Tudo está relacionado à conectividade e focado na simplificação da gestão de rede. 

Para explicar como essa tecnologia atua, a Vivo Empresas promoveu um webinar com os especialistas Cassio Gomes, da Cisco, Vinicius Funicelli, gerente de Produtos da Vivo Empresas, e com o gerente de projetos ligados à estratégia de crescimento, desenvolvimento, tecnologia e transformação digital na elétrica Andra Materiais Elétricos, Renan Braga, que fala sobre a implementação da solução na empresa.

Neste artigo, você vai ver:

  • Os principais temas discutidos no webinar;
  • Como essa tecnologia funciona na prática;
  • Soluções sob medida para cada empresa;
  • Questão de segurança;
  • Case da implementação do SD-WAN na Andra.

Destaques sobre a tecnologia SD-WAN

O webinar, intermediado por Carlos Aros, Diretor de Conteúdo da Jovem Pan News, abordou a solução e falou de suas aplicações e resultados conquistados na prática.

Para Vinicius Funicelli, o modelo antigo não funciona mais, não acompanha o momento dinâmico que estamos vivendo.

“As comunicações que a gente tinha antes, preestabelecidas e rígidas, não atendem mais às necessidades. O fator principal do SD-WAN é possibilitar uma flexibilização nas comunicações, ou seja, por meio da conectividade (que pode ser de internet dedicada, banda larga ou MPLS), usar as capacidades de cada uma para entregar melhor qualidade no acesso às aplicações onde quer que elas estejam”, afirmou.

Cassio Gomes reforçou a mudança de papel da TI nas empresas com a chegada dessa inovação. Agora os profissionais da área podem focar no serviço principal do negócio, atender bem o consumidor com eficiência e redução de custos. “O SD-WAN permite ganhos como produtividade e segurança numa única tecnologia”, disse.

Webinar | Proteger sua empresa de ataques virtuais_V1

Como funciona o SD-WAN

Uma das principais funções é a tomada de decisões para priorização de tráfego. Isso significa que o software identifica qual dos links tem melhor performance para utilizar o recurso e troca o link automaticamente. Assim, mantém a conectividade e propicia maior flexibilidade.

Para exemplificar: o sistema monitora a conectividade a fim de evitar a indisponibilidade do serviço. A partir de regras preestabelecidas, prioriza o tráfego e as aplicações que fazem sentido para o negócio.  

“Outro ponto importante é a questão da visibilidade. A empresa consegue ter detalhes sobre o que se passa na rede, identificar qual tipo de tráfego está sendo utilizado, qual a melhor maneira de consumir o recurso”, afirmou Gomes.

Os especialistas ainda reforçaram que é fundamental, após a implementação do sistema, fazer a gestão da rede. Com a solução SD-WAN Cisco Meraki, consegue-se uma centralização absoluta. “Por meio de dashboard único, temos uma visão integrada para que possamos conhecer o que se passa na rede, identificando problemas e os corrigindo instantaneamente, priorizando um tráfego específico sem que o usuário perceba”, apontou Gomes.

“Nosso centro de operações faz a gestão, as configurações e administra tudo para o cliente. Dessa forma, a TI da empresa fica focada no negócio, não mais preocupada em administrar conectividade, saber se o link caiu, se precisa mudar alguma regra”, explicou Funicelli. O resultado, ainda, é a redução indireta de custos. 

Com total conhecimento do tráfego, o cliente pode entender quais aplicações são mais usadas, o que é devido ou indevido e o que pode interferir no link principal. Assim, é possível melhorar a operação da rede e, consequentemente, melhorar a produtividade.

As dores e as soluções personificadas

Mais do que entregar um equipamento com recursos padronizados, a Vivo Empresas fornece aplicações customizadas a cada cliente. Isso porque as redes são diferentes de uma empresa para outra e o impacto da tecnologia acaba sendo também.

“Entendemos as dores de cada um e fazemos um desenho da solução que faça sentido para aquele negócio”, explica Funicelli.

O último passo é o acompanhamento para que o projeto possa continuar sendo customizado e atualizado de acordo com as necessidades que vão se apresentando ao longo da jornada.

Segurança e SD-WAN

Conectividade e segurança precisam caminhar juntas. “Uma vez que a conexão seja privada, mas que de algum ponto também haja conexão pública, é importante que todos os pontos da rede tenham equipamentos com funcionalidade de segurança. O Cisco Meraki já tem segurança avançada”, aponta Gomes.

Aqui, entra mais um fator na redução de custos. Em vez de contratar uma solução de segurança à parte, é possível incrementar essa solução no próprio SD-WAN.

Case: a implementação da solução na Andra

A Andra, empresa de materiais elétricos e iluminação, hoje conta com mais de 13 lojas focadas no varejo. A principal dor do negócio estava relacionada à disponibilidade. “Tínhamos em uma loja mais de 100 clientes com atendimento simultâneo e, muitas vezes, problemas de queda de link. O cliente que está no caixa, a ponto de pagar, e precisa esperar porque o sistema caiu, fica insatisfeito”, comentou Renan Braga, gerente de projetos da marca.

Para resolver a situação, a Vivo Empresas desenhou uma solução de SD-WAN. Atualmente, em filiais com operação robusta, há dois equipamentos trabalhando em conjunto. “Quando tenho uma queda do link principal, o link secundário assume de maneira automática e instantânea e o usuário nem sente a transição”, contou Braga.

Por fim, a questão da segurança também foi ponto-chave na transformação da Andra. No meio do processo de implementação, a empresa sofreu uma invasão de hackers que sequestraram as informações do Data Center, gerando uma série de prejuízos. Imediatamente, foi pedido que se agregasse segurança ao Meraki e hoje há proteção completa.

Conclusão

O webinar Na prática: como o SD-WAN suporta a transformação digital nas empresas mostrou a importância dessa tecnologia e como ela impacta positivamente na produtividade de um negócio.

Mais do que oferecer um equipamento, a Vivo mapeia e entende as dores de cada corporação, entregando as soluções que façam sentido de acordo com a operação de cada uma. O SD-WAN monitora o tráfego com o objetivo de garantir estabilidade e disponibilidade, identificando e resolvendo problemas em tempo real, sem que o usuário sinta. Toda a gestão fica a cargo da Vivo, liberando a área de TI da corporação para focar na atividade principal do negócio.

A Vivo Empresas tem diversas soluções para amparar o seu negócio no processo de digitalização. Além dos tradicionais serviços, como Rede Móvel, Voz Fixa e Banda Larga, oferecemos soluções de Conectividade, Equipamentos, Cloud, Segurança, Big Data, Ferramentas de Colaboração, TI, Gestão de Tecnologia e IoT.

Por fim, quer saber mais sobre a atuação da tecnologia SD-WAN como ferramenta de apoio? Assista ao webinar na íntegra: Na prática: como o SD-WAN suporta a transformação digital nas empresas.

Até a próxima!

Compartilhe este conteúdo!

Solicite um contato
campo obrigátório

Enviamos conteúdos do seu interesse para seu e-mail, cancele a qualquer momento.

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio