Bares e restaurantes no Dia dos Namorados: prepare seu negócio para vender mais com a ajuda da tecnologia

Saiba quais as soluções que ajudam a oferecer uma experiência segura para os clientes, seja presencial ou por delivery

08/06/2021 às 12:47

Todos os anos, grandes expectativas movimentam os bares e restaurantes no Dia dos Namorados. Afinal, tendo em vista ser uma das datas comemorativas mais lucrativas para o setor, os estabelecimentos estão sempre em busca de meios para faturar mais com a ocasião.

Contudo, desde 2020, o setor tem enfrentado os grandes desafios impostos pela pandemia. Entre eles, é possível citar o fechamento do comércio não essencial, funcionamento em horário reduzido, aumento dos preços de produtos básicos e até mesmo a falta de movimentação.

Entretanto, a despeito de ser um momento de dificuldade, o contexto atual é uma daquelas circunstâncias ideais para a criação de negócios disruptivos. Mais do que nunca, é preciso inovar para atrair consumidores a experiências presenciais ou mesmo em casa, via delivery e drive-thru

E nesse sentido, a tecnologia é uma excelente aliada, uma vez que soluções conectadas e inteligentes trazem eficiência, agilidade e segurança – tanto aos gestores quanto aos clientes dos restaurantes.

Desse modo, dada a importância dessa data e o potencial da digitalização em impulsionar vendas, nada melhor do que entender como preparar seu negócio para faturar mais, com o apoio da tecnologia. 

Assim, nesse artigo, você verá:

  • Mercado e expectativas para bares e restaurantes no Dia dos Namorados;
  • Conectividade é primeiro passo para experiências dentro e fora do estabelecimento;
  • Ser omnichannel faz a diferença no relacionamento com o consumidor; 
  • De olho nos dados para atender as expectativas do público;
  • Higiene e segurança dentro dos bares e restaurantes no Dia dos Namorados; 
  • Estar bem equipado é fundamental para desempenho na data comemorativa;
  • Soluções digitais podem ajudar no sucesso dos bares e restaurantes no Dia dos Namorados;

Mercado e expectativas para restaurantes no Dia dos Namorados

restaurantes no dia dos namorados
Soluções tecnológicas ajudam a aumentar as vendas nos restaurantes no Dia dos Namorados

Historicamente, o Dia dos Namorados tem grande importância para quem trabalha com estabelecimentos de alimentação. De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), essa é a segunda melhor data do ano para o setor. 

Inclusive, em 2019, a comemoração rendeu um aumento de 30% a 60% no faturamento das empresas do ramo, dependendo das ações realizadas, como promoções e divulgação.

No entanto, a partir de 2020, foi necessário ser criativo e recorrer a outras maneiras de servir o público. Assim, segundo um estudo da VR Benefícios, publicado em maio de 2021, 47% dos estabelecimentos investiram em novos canais de venda. Além disso, a pesquisa também mostrou um crescimento de restaurantes em apps de delivery, que foi superior a 80%.

Mas, ainda assim, o impacto da crise para o setor foi grande. Como mostra o levantamento da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o consumo de alimentos teve queda de 27,2% em janeiro de 2021, em comparação ao período pré-Covid. 

Isso significa que muitas pessoas ainda preferem ficar em casa do que ir a bares e restaurantes, padarias e lanchonetes. E os motivos são diversos: do medo de exposição ao vírus à redução no orçamento familiar. 

Por outro lado, a expectativa é que os sistemas de entrega continuem em alta neste ano. O mercado online de entrega de alimentos mundial deve chegar a valer R$ 812 bilhões, conforme estima a startup espanhola Comprar Acciones, em um estudo realizado ao longo de 2020. Caso isso se comprove, representaria um aumento de  11% se comparado com o ano passado.

Dia dos Namorados: o que esperar?

Apesar da pandemia permanecer um problema para o comércio, as intenções de compra dos consumidores vem aumentando gradativamente. 

Para ilustrar, no Dia das Mães, um dos segmentos que mais se destacou foi o de restaurantes. De acordo com transações realizadas pela Rede, do Itaú Unibanco, houve um crescimento de 130% em relação ao ano anterior

E a contagem não leva em consideração os negócios realizados via aplicativo de delivery, que são bastante relevantes no cenário atual.

Ou seja, há demanda para aumentar as vendas nas datas comemorativas. Todavia, é preciso se diferenciar nos serviços, produtos e atendimento oferecidos. 


LEIA MAIS: Tecnologia em restaurantes: como garantir o atendimento seguro dos clientes


Webinar | Tendências na nuvem manter empresa protegida_V1

Conectividade é primeiro passo para experiências dentro e fora do estabelecimento 

Atualmente, para qualquer operação dos bares e restaurantes, seja dentro do estabelecimento ou no sistema de entregas e drive thru, a conectividade é um elemento chave. Isso fica claro, uma vez que desde as plataformas de pagamento e até mesmo o rastreio do delivery dependem da conexão à internet

Mas a digitalização dos negócios trouxe ainda outros usos que hoje são indispensáveis. Um bom exemplo são os cardápios online, disponíveis para quem prefere reduzir o contato com o garçom. Da mesma forma, a tecnologia facilita a comunicação da equipe, muitas vezes reduzindo o vai-e-vem dos funcionários à cozinha para fazer os pedidos.

E para ter toda essa estrutura conectada, o ideal é entender o volume do tráfego de dados, contratando um plano que atenda a demanda. Na Vivo Empresas, por exemplo, há opções de pacotes com velocidade a partir de 50 Mega de velocidade, para amparar de grandes a pequenos bares e restaurantes no Dia dos Namorados.

Sobretudo, a realidade é que uma conexão estável, com boa velocidade e resiliente, é tão fundamental para os colaboradores, quanto para o relacionamento com o consumidor.

A prática de oferecer Wi-Fi aos clientes não é inovadora mas, hoje em dia, é possível aproveitar essa oportunidade de muitas formas. Para exemplificar, pode-se manter um cadastro atualizado dos frequentadores via login na rede, bem como utilizar o famoso check-in das redes sociais. 

Dicas de marketing para espaços físicos

Extrapolando o lugar comum, também é possível realizar uma comunicação direta com o cliente por meio do acesso à internet no estabelecimento. Como exemplo, a solução Wi-Fi Social viabiliza a realização de campanhas de marketing, captação de dados dos usuários, divulgação de promoções e realização de pesquisas de satisfação/feedback.

Da mesma forma, outro serviço que pode auxiliar é o Vivo Marketing Dinâmico, que oferece toda a infraestrutura necessária para a veiculação de campanhas em displays e totens eletrônicos. 

A partir do serviço, é possível contar com uma equipe especializada para a implementação do hardware e do software necessários, além de serviços de agência para a produção e gerenciamento dos conteúdos. Noutras palavras, trata-se de uma ferramenta fim-a-fim, entregando tudo o que o seu negócio precisa para instalar e operar esse formato de mídia. 


LEIA MAIS: [E-book] Aprenda a manter sua rede Wi-Fi segura


Ser omnichannel faz a diferença no relacionamento com o consumidor

Se no começo de 2020, muitos negócios ainda estavam se adaptando, hoje temos uma vastidão de estabelecimentos atuando no mundo físico e digital. Portanto, estar presente e atender em ambos ambientes não é mais algo excepcional, mas necessário.

De forma geral, podemos dizer que a omnicanalidade diminui as distâncias entre marca e cliente e, assim, abre novas possibilidades aos bares e restaurantes no Dia dos Namorados. 

Dito isso, apenas ter diversos canais à disposição também está longe de ser o suficiente. É preciso que eles sejam digitalmente integrados e permitam, por exemplo, que o consumidor comece a conversa via aplicativo e continue por telefone.

E para que a estratégia omnichannel funcione de maneira ideal, as soluções de conectividade também são imperativas, devendo ser velozes e resistentes. Além disso, contar com um ambiente em nuvem para armazenar e acessar dados com facilidade pode ajudar a atingir um atendimento integrado da marca.

Apesar de não ser uma abordagem recente, ela está em alta. De acordo com o estudo Jornada Omnichannel, realizado em agosto de 2020 pela Social Miner, 49% do público pretende alternar entre compras online e offline em 2021. Ou seja, para não perder oportunidades no futuro, ampliar a presença do negócio é mais que necessário.

De olho nos dados para atender as expectativas do público 

Com as grandes mudanças que vêm acontecendo e que estão moldando a forma de trabalhar e consumir, vale ficar atento ao público. Afinal, não foram apenas os negócios que tiveram que se adaptar à nova realidade e, dessa forma, necessidades e preferências podem ter sofrido alterações.

Nesse sentido, usar soluções de Big Data, que analisam os interesses dos consumidores de um determinado setor, pode ser um fator decisivo. Inclusive, esses recursos conseguem se unir a outras ferramentas, como o Wi-Fi Social e dispositivos conectados via IoT

Assim, potencializa-se a captação de dados e há mais insumos para analisar e definir tendências e comportamentos dos clientes. Esse tipo de suporte à gestão é especialmente essencial em questões do negócio como ampliação para novas áreas ou inserção de novos produtos. 

Para bares e restaurantes no Dia dos Namorados, o Big Data pode auxiliar a definir quais as regiões de maior demanda para delivery, por exemplo. Outro ponto em que os dados podem ajudar é na decisão de menu para a data, a fim de redirecionar o cardápio e obter maior lucratividade.


LEIA MAIS: Datas comemorativas: prepare seu negócio para os picos de acesso


Higiene e segurança dentro dos restaurantes no Dia dos Namorados 

Higiene e segurança estão entre as principais preocupações de todos. Afinal, com o fechamento dos estabelecimentos por longos períodos, muitas pessoas só estão voltando a sair de casa agora, e gradualmente. 

Nesse cenário, portanto, é crucial garantir aos seus consumidores que há medidas sendo tomadas para fornecer uma experiência segura. Além do uso obrigatório de máscaras e a disponibilização de álcool, há recursos tecnológicos que ajudam a manter equipe e público mais protegidos. 

A Internet das Coisas tem sido bastante utilizada para o retorno das atividades em diferentes frentes do mercado. Isso porque, por meio de dispositivos conectados como câmeras e sensores, há como monitorar qualquer estabelecimento em tempo real.

Assim, com soluções de IoT implementadas nos bares e restaurantes, a gestão de espaços e pessoas fica mais fácil, evitando aglomerações. É possível garantir o distanciamento social ideal e reorganizar o espaço para separar o fluxo de garçons e clientes, por exemplo.

Inclusive, segundo um levantamento da Gartner, 31% dos negócios usam a IoT para dar mais segurança aos colaboradores e consumidores, durante a pandemia.

Além disso, os equipamentos inteligentes ainda têm papel fundamental no padrão de limpeza, podendo acompanhar o processo de higienização, e no controle automatizado de estoques.

Estar bem equipado é fundamental para desempenho na data comemorativa

restaurantes no dia dos namorados
Equipamentos impactam diretamente na produtividade dos funcionários, mas, neste caso, alugar parece ser a melhor opção

Por fim, é imprescindível contar com equipamentos atualizados para que todas estas soluções funcionem de forma apropriada. Em contrapartida, esse também é um dos grandes desafios do momento: como investir em novas tecnologias em um período de retomada econômica?

Uma alternativa à aquisição de equipamentos para digitalizar o restaurante no Dia dos Namorados, que já está próximo, é o aluguel de dispositivos. Nessa opção, o custo do investimento é menor e é possível ter em mãos aparelhos atualizados para realizar um atendimento eficiente.

E a prática de optar por um pagamento recorrente ao invés da compra já é muito comum para diferentes segmentos. O melhor exemplo é a migração para a nuvem, que por meio do modelo as a service (“como serviço”, na tradução em português) oferece acesso a softwares e plataformas por meio de assinaturas, em vez de aquisições fechadas.

Assim, o mesmo pode ser feito por meio do Vivo Tech, serviço oferecido pela Vivo Empresas. A solução oferece dispositivos de informática de alta qualidade, com atualizações automáticas de sistema e manutenção das máquinas realizada por técnicos especializados. 

Em outras palavras, é uma preocupação a menos para os gestores e administradores dos bares e restaurantes, que podem contar com equipamentos de ponta e suporte tecnológico.


LEIA MAIS: Como a tecnologia pode melhorar as vendas em bares e restaurantes


Soluções digitais podem ajudar no sucesso dos restaurantes no Dia dos Namorados

Em conclusão, é evidente que a aliança entre criatividade e tecnologia é o principal impulsionador de vendas para bares e restaurantes no Dia dos Namorados

Nesse sentido, entender o que é mais atraente ao cliente e atuar em cima disso com promoções, pacotes especiais e experiências presenciais ou por entrega são todas excelentes estratégias para lucrar mais este ano. 

Sendo assim, seja para fazer o delivery de um jantar romântico impecável ou receber casais que querem celebrar a data especial, as soluções digitais dão todo o suporte necessário para o sucesso do negócio.

Independentemente do porte ou ramo da sua empresa, é possível contar com recursos de Conectividade, Equipamentos, Cloud, Segurança e IoT, como os oferecidos pela Vivo Empresas. Somado a isso, também há serviços tradicionais, como Rede Móvel, Voz Fixa e Banda Larga, que podem ser igualmente importantes para atender à demanda maior nesta ocasião especial.

Antes de ir, conheça outros usos da tecnologia em bares e restaurantes: 

Até a próxima!

Compartilhe este conteúdo!

Solicite um contato
campo obrigátório

Enviamos conteúdos do seu interesse para seu e-mail, cancele a qualquer momento.

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio