Carro conectado, a tecnologia guiando o setor automobilístico para uma nova direção

29/04/2021 às 12:18

A Internet das Coisas está cada vez mais presente no dia a dia, seja dentro de casa ou fora dela. Inclusive, a tecnologia já ajuda no deslocamento dentro de cidades ou em estradas, por meio de carro conectado. 

Muito além do GPS, os veículos inteligentes oferecem uma nova experiência ao motorista e também aos passageiros. A conexão acontece tanto a partir de antenas e chips integrados quanto via pareamento com smartphones.

Dessa forma, é possível utilizar uma ampla gama de serviços de conveniência, como assistência remota e até funcionalidades anti-furto.

Além disso, vale ressaltar que essa tecnologia aplicada à mobilidade não é restrita a carros particulares. Ela também é uma poderosa aliada no transporte público ou, ainda, no transporte de cargas para setores da indústria e do agronegócio. 

Em suma, a Internet of Things facilita o monitoramento, a automatização e a personalização de serviços e produtos. Aliás, é uma das grandes tendências para os mais diversos segmentos do mercado nacional e internacional.

Interessou? Então siga com a leitura deste artigo e conheça mais sobre como a Internet das Coisas pode revolucionar a mobilidade. Aproveite também para descobrir mais sobre a parceria entre a Vivo Empresas e a Hyundai Motor Brasil, que já possibilita carros mais conectados por meio da internet das coisas.

Neste artigo, você verá:

  • O mercado da Internet das Coisas;
  • Como a tecnologia já é utilizada no Brasil e no mundo;
  • Inovações em IoT para a mobilidade e o carro conectado;
  • Parceria Vivo Empresas e Hyundai: o futuro da mobilidade urbana;
  • Segurança do carro conectado: a bordo e no trânsito

carro conectado
Viabilizado por tecnologias como a IoT, carro conectado é o futuro da mobilidade

O mercado da Internet das Coisas

Não é surpreendente que estejamos cada vez mais conectados e dependentes de fazê-lo para exercer atividades diárias. 

Aliás, de acordo com um relatório da We Are Social em conjunto com o Hootsuite, divulgado em janeiro de 2021, mais da metade do mundo está interligada digitalmente. Ou seja, os dados apontam que, hoje, existem cerca de 4,66 bilhões de usuários acessando a internet.

Do mesmo modo, é provável que esse acesso tenha uma expansão ainda maior na próxima década. Isso, principalmente devido à implementação do 5G, além da ampliação da área de cobertura para zonas rurais e periféricas. 

Nesse cenário, a IoT também ganha novas chances de desenvolvimento, em especial por depender dessa conectividade que ficará mais estável e veloz com a quinta geração das redes móveis. 

Inclusive, conforme relatório divulgado em fevereiro desse ano pela IDC, estima-se que a novidade irá gerar, indiretamente, US$ 2,7 bi em novos negócios no Brasil. Sobretudo, no que se relaciona ao uso de novas tecnologias, como Inteligência Artificial, IoT, Robótica ou Realidade Virtual e Aumentada

77 milhões de carros conectados até 2025

Por enquanto, na América Latina, o mercado de Internet das Coisas foi impactado pela pandemia e pela alta do dólar; porém, deve crescer ainda este ano. 

Nesse sentido, durante o evento IoT Day 2021, realizado no início de Abril, a consultoria Frost & Sullivan Brasil divulgou que o setor deve atingir US$11,8 bi de faturamento até 2025.

Seguindo a tendência, a própria indústria de veículos inteligentes está em alta. Segundo expectativas da Business Insider Intelligence, as remessas de carros conectados devem aumentar de 33 milhões em 2017 para mais de 77 milhões em 2025. Isso representa um crescimento de 133% em 8 anos.

Sendo assim, fica claro que a IoT não só já é importante hoje, como é uma das principais tecnologias que guiarão os próximos anos. Inclusive literalmente – isto é, dentro de carros inteligentes e que, futuramente, também serão autônomos. 


LEIA MAIS: 47% das empresas aumentarão investimentos em IoT, afirma Gartner


Prepare seu negócio

Como a tecnologia já é utilizada no Brasil e no mundo

Atualmente, a Internet das Coisas já está bastante consolidada em países como os Estados Unidos. Para ilustrar, de acordo com projeções de março do ano passado do Business Insider, em 2025, serão 14 milhões de veículos semi ou completamente automatizados circulando nas rodovias do país.

Além disso, a Fórmula 1 é pioneira no uso de plataformas M2M ou machine to machine, que viabilizam a IoT. Por meio delas, os carros podem ser ajustados durante a corrida, de forma remota e sem a necessidade de ação humana direta. 

É inegável que essa novidade otimiza a atividade como um todo e pode, até mesmo, impactar o resultado da prova, uma vez que microssegundos são essenciais na F1.

Enquanto isso, em termos de comparação no Brasil, o mercado dos carros conectados também se encontra em expansão. E a parceria entre a  Vivo Empresas e a Hyundai Motor Brasil, inclusive, vem para impulsionar essa inovação em território nacional, conforme abordaremos adiante.

Cidade inteligente

A internet das coisas já é amplamente utilizada por aqui também. Um bom exemplo acontece no Rio de Janeiro, um dos cartões postais do país, que reúne 6,748 milhões de habitantes.

A gestão do município já se preocupa em adotar soluções de cidades inteligentes. Atualmente, conta com um Centro de Operação com 200 camadas de dados que apoiam a gestão pública. 

Entre os projetos de destaque está o gerenciamento de inundação em pontos críticos da cidade. A iniciativa se baseia em sensores estrategicamente posicionados, que enviam informações à prefeitura, a fim de permitir um planejamento em situações de alagamento.

Dessa maneira, é possível tanto diminuir prejuízos, como mobilizar forças de suporte à população com antecedência. 


LEIA MAIS: Comunicação M2M: como levar mais eficiência e inteligência para o negócio


Inovações em IoT para a mobilidade e o carro conectado

A conectividade a bordo dos carros não é algo recente, mas uma integração que foi evoluindo com o passar do tempo. Se antes havia apenas a comunicação do celular ao sistema de som, hoje, há a possibilidade de espelhar todo o sistema do smartphone na central multimídia do veículo.

Igualmente, outras ações, como destravar as portas e dar partida no carro remotamente, também já são possíveis. Todavia, ao passo em que esses recursos trazem mais eficiência na mobilidade, exigem tecnologias conectadas dentro dos veículos. E, claro, um ambiente em nuvem para armazenar informações.

A realidade é que, a partir de uma boa conexão, não há limites para a Internet das Coisas. De acordo com o relatório Cisco Annual Internet Report, divulgado em 2020, as conexões M2M vão somar 14,7 bilhões de interligações até 2023. 

E, dentre elas, os aplicativos para carro conectado serão o tipo com maior crescimento, estimado em 30% para os próximos três anos.


LEIA MAIS: Monitoramento inteligente: como a IoT pode garantir a eficiência das empresas


Parceria Vivo Empresas e Hyundai: o futuro da mobilidade urbana

carro conectado
Infraestrutura da Vivo Empresas compõe sistema de carros conectados da Hyundai Motor Brasil

De modo geral, pode-se dizer que tecnologias são feitas para trazer eficiência, conforto e segurança. Pensando nisso, a Vivo Empresas e a Hyundai Motor Brasil anunciaram uma parceria para lançar o sistema Bluelink, da montadora sul-coreana, em território nacional.

A solução de dados serve como comunicação entre Data Center, Central de Atendimento e aplicativo. A princípio, é embutida nos automóveis da família de compactos HB20 e, no Brasil, é gerida pela Vivo Empresas. 

No que diz respeito ao condutor, o principal objetivo do Bluelink é facilitar a sua rotina, trazendo uma nova experiência aos que estão a bordo do carro conectado. 

O que a Vivo Empresas traz para o Bluelink é uma tecnologia dedicada ao mundo de Internet das Coisas. O e-SIM IoT embarcado nos módulos dos veículos permite a fabricação e testes em qualquer lugar do mundo, dando total liberdade à empresa sobre sua cadeia produtiva, independentemente de onde ela esteja. E como cada carro fabricado é diretamente conectado em nossa plataforma, antes de estar pronto para o comprador, já estamos com todo o ecossistema de conectividade veicular montado, testado e disponível.

Alex Salgado, vice-presidente B2B da Vivo

A partir da infraestrutura inovadora fornecida pela Vivo Empresas, os modelos da Hyundai equipados com o sistema Bluelink oferecem uma série de conveniências ao condutor. 

Com a ajuda de um aplicativo para smartphone e mediante o pagamento de uma mensalidade à montadora, o proprietário pode:

  • Dar partida no automóvel;
  • Controlar o funcionamento do ar-condicionado;
  • Localizar o veículo em tempo real;
  • Abrir e fechar janelas;
  • Bloquear a ignição, em caso de furto ou roubo;
  • Acionar socorro em caso de acidente, entre outros

IoT expande possibilidades para produtos e serviços

Por meio de exemplos práticos como esse, fica mais fácil vislumbrar como a Internet das Coisas, já nos dias de hoje, possibilita inovações que impactam diretamente a vida das pessoas. 

Nesse sentido, é fundamental para qualquer empresa que queira vigorar num mundo digital-first, estar atenta às soluções que podem embarcar em seus produtos. Afinal, o consumidor nunca esteve tão digitalizado e interessado por tecnologia.

Há muitos anos trabalhamos em cima de conectividade gestionada IoT. E esse trabalho nos tornou, desde 2016, líderes no mercado brasileiro, onde atualmente temos 36% de market share, somando mais de 10 milhões de dispositivos conectados em nossa plataforma de Gestão IoT.

Por ser transversal à estratégia de negócios da Vivo Empresas, essa experiência nos ajudou a formatar e oferecer soluções como: telemetria veicular (para carros que não nasceram conectados), soluções para Agronegócios, Indústria 4.0 (onde temos cases importantes usando LTE Privativo), Big Data, entre outros.

Diego Aguiar, gerente Sênior de Produtos da Vivo Empresas

LEIA MAIS: IoT: descubra por que a segurança é fundamental na era da Internet das Coisas


Segurança do carro conectado: a bordo e no trânsito

carro conectado
Comunicação entre veículos promove comodidade e segurança aos motoristas

A IoT aplicada no transporte, como a ferramenta Bluelink, consegue viabilizar a comunicação entre carros inteligentes e também com o entorno. Isso, por sua vez, traz melhorias para a segurança a bordo do veículo.

Entre as funcionalidades da tecnologia existem a notificação de colisão e a assistência 24 horas, que simplificam a tomada de ações em caso de acidentes. Assim, quando os airbags são acionados, a Central SOS Bluelink é informada automaticamente e tem acesso à localização para enviar ajuda ao local. 

Além disso, a solução gerenciada pela Vivo Empresas ainda permite o acesso a um diagnóstico completo do automóvel e a relatórios do estilo de direção do motorista. 

Sobretudo, quando a tecnologia de um carro conectado é aliada às facilidades de uma cidade inteligente, por exemplo, as possibilidades são infinitas. 

Essa conectividade consegue, inclusive, reduzir congestionamentos, com modelos de previsão de rotas e acompanhamento em tempo real. Aliás, recursos como esses podem até mesmo contribuir para uma diminuição de acidentes e de ocorrências em rodovias e avenidas.

Com veículos mais conectados, passamos a uma era onde a segurança é elevada a um padrão ainda maior, antevendo riscos que antes não conseguíamos sequer imaginar. A solução que desenvolvemos em conjunto com a Hyundai não é apenas conectividade, mas um ecossistema dedicado ao carro conectado.

Alex Salgado, vice-presidente B2B da Vivo

LEIA MAIS: IoT aplicada à gestão: frotas e equipes mais eficientes


Conclusão

As mudanças tecnológicas surgem em ritmo cada vez mais acelerado. Assim também, a IoT e a conectividade estão evoluindo rapidamente e ganhando relevância em todo o mundo. Para exemplificar, entre as principais previsões do Cisco Annual Internet Report para a LATAM até 2023 estão:

  • Crescimento da população conectada: 470 milhões de pessoas com acesso à internet, representando 70% da população da região;
  • Aumento da conexão móvel: 520 milhões de usuários de smartphones, correspondendo a 78% dos habitantes da área.

Dessa forma, não será surpreendente ver expectativas de bilhões de dispositivos IoT conectados ao redor do globo nos próximos anos. Mas é preciso se preparar para que essa revolução tecnológica aconteça com sucesso.

Por fim, está claro que o futuro da mobilidade será completamente conectado, como um carro inteligente. Além disso, não se limitará a Internet das Coisas, trazendo a inserção de outras tecnologias como a Inteligência Artificial e o Big Data.

Atenta às tendências estratégicas, a Vivo Empresas investe no potencial da Conectividade, buscando melhorias em eficiência, segurança e conforto. Conta ainda com um amplo portfólio para ajudar na evolução de negócios, que inclui Big Data, Cloud, Equipamentos, Segurança e Gestão de Tecnologia

Conheça as parcerias e entenda como podemos ajudar na construção do futuro de empresas dos mais diversos segmentos:

Até a próxima!

Compartilhe este conteúdo!

Solicite um contato
campo obrigátório

Enviamos conteúdos do seu interesse para seu e-mail, cancele a qualquer momento.

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio