Segurança de dados na nuvem: proteja ativos a distância

05/01/2021 às 9:58

Não é preciso ser nenhum expert em tecnologia para enxergar as mudanças neste setor. O mundo se transformou drasticamente ao longo de 2020: seja nos afazeres domésticos, nas relações sociais e, principalmente, no ambiente de trabalho. 

Nesse cenário, muitas empresas começaram a adotar modelos a distância total ou parcial e, assim, passaram a mover sistemas e informações para a cloud. Com isso, proporcionalmente se eleva a preocupação  com a segurança de dados na nuvem.

Quer saber mais sobre esse assunto e como se proteger contra ataques? Neste artigo, abordaremos:

  • Adesão de sistemas em nuvem;
  • Dados do mercado de tecnologia;
  • A importância na segurança de dados na nuvem;
  • Conclusão.

Mudanças nos modelos de trabalho

Se antes, no Brasil, a prática de home office ainda não era regra, de um dia para o outro o setor corporativo se viu obrigado a implementá-la, uma vez que boa parte dos escritórios pelo País precisaram ser fechados.

O resultado disso? Segundo dados do relatório da provedora de serviços de antivírus McAfee, a migração súbita e em grande escala da força de trabalho global para o trabalho em casa atingiu crescimento em torno de 775%.


LEIA MAIS: Home office definitivo: prepare sua empresa para essa nova realidade



Home office é realidade no mercado de trabalho atual

Dentre as alterações que essa mudança requer, os serviços de nuvem, que já vinham despontando como uma forte tendência,  tornaram-se item indispensável às companhias.

Webinar | SD-WAN navegar na internet desempenho_V1

Diferentes tipos de nuvem

Para suportar a mobilidade, a aplicação dessa tecnologia se dá em diferentes modalidades, para atender necessidades variadas.

Conheça as categorias:

  • IaaS (Infrastructure as a Service): modelo no qual um provedor especializado fornece soluções de infraestrutura que são contratados como serviço, tais como servidores, armazenamento e rede;
  • PaaS (Platform-as-a-Service): uma plataforma que oferece o ambiente de nuvem. Nela, os colaboradores podem criar e gerenciar aplicações, além de armazenar dados e desenvolver novas ferramentas para a empresa;
  • SaaS (Software-as-a-Service): é gerado como um software que fornece aos colaboradores acesso à nuvem de um provedor especializado. Os usuários não instalam aplicações em seus dispositivos locais, uma vez que estes se localizam em uma rede remota, que pode ser acessada pela Web.

Assim, a adesão de um sistema em cloud se torna atrativa do ponto de vista produtivo e também de capilaridade territorial. Uma vez movidas as aplicações para um ambiente de nuvem será possível acessá-las remotamente, de acordo com as preferências da empresa. 

Cloud Security

Apesar de sua grande versatilidade e importância para companhias, o descuido com o tema deixa o sistema vulnerável a invasões, vazamento de dados e ataques cibernéticos. Quanto mais popular e comum a cloud se torna, mais imprescindível será o reforço da segurança de dados

Segurança da informação em números

Seja na casa do colaborador, dentro das instalações a companhia ou em um ambiente externo, o uso desse modelo de arquitetura  evidencia a importância da segurança de dados.

De acordo com uma pesquisa da International Information System Security Certort Consortium, organização especializada em treinamento e certificações para profissionais do setor, 93% das empresas estão preocupadas com a segurança. Uma em cada quatro delas afirma ter tido algum tipo de incidente na nuvem nos últimos 12 meses.


BAIXE O E-BOOK: Cibersegurança: saiba como blindar sua empresa 


À medida que os gestores se lançaram e aceleram suas jornadas tecnológicas para digitalizar seus negócios, invasores passaram a visar dados e ativos críticos no ambiente cloud

Para se ter uma ideia, somente nos primeiros meses de 2020, os ataques cibernéticos direcionados a sistemas descentralizados aumentaram em impressionantes 630%, conforme revelou o relatório da McAfee.

O cenário é ainda mais preocupante para as companhias. De acordo com a consultoria Forrester, em seu estudo de previsões para 2021, no próximo ano um terço dos incidentes de segurança devem acontecer por falhas causadas pelos próprios funcionários.

Mas, afinal, como se proteger de ataques à nuvem?

“Se a migração para modelos de Cloud já era uma tendência pré-Covid-19, agora ela se torna uma ferramenta essencial para manter as empresas. Especialmente as pequenas e médias. Mas é necessário que esse processo seja seguro de ponta a ponta para que elas absorvam todas as possibilidades e benefícios de uma operação virtualizada.”

Joaquim Hernandez, Head de Segurança da Informação B2B da Vivo, em entrevista.

De acordo com o mais recente estudo do Gartner, empresa de pesquisa e consultoria, os investimentos mundiais em tecnologia e serviços de proteção de informação se mantêm em crescimento. 

Espera-se que as aplicações em segurança da informação cresçam 2,4%, chegando a US$ 123,8 bilhões em 2020. A companhia também prevê um crescimento e a ampliação das estratégias de nuvem em 2021.

Embora os números estejam postos, nem sempre ficam claras as informações de como lidar com possíveis invasões e vazamentos de dados. Por exemplo, o cuidado com dados começa já na contratação do serviço. 


ASSISTA AO WEBINAR: Segurança na nuvem: como se proteger na cloud pública


Na prática: cuidados na nuvem

Elencamos alguns pontos de dúvida e atenção na hora de elaborar sua estratégia de segurança de dados na nuvem. Veja abaixo.

  • 1º Conheça seu fornecedor
    Antes de mais nada, é necessário conhecer bem a política do parceiro que prestará os serviços de migração nesse processo de transformação digital. Em hipótese alguma, poderá ter acesso aos dados de sua companhia ou trabalhar de maneira instável. A disponibilidade constante de servidor e de manutenção é imprescindível. 
  • 2º Segurança é um investimento
    Cibersegurança não é um gasto, mas sim um investimento. Um sistema fora do ar pode acarretar em prejuízos enormes para sua companhia, como contas não pagas, acesso restrito às operações, atrasos na entrega dos produtos e tempo perdido. Contar com uma infraestrutura de tecnologia bem desenvolvida requer uma atenção especial nessa área. 
  • 3º Segurança é acessível
    Isso pode parecer complicado no início, mas existem empresas que fornecem soluções de data centers com estrutura física reforçada, computadores vigiados 24h, sistemas anti-incêndios e firewalls especializados para proteger sua organização. Isso é possível de forma acessível, diferente de anos atrás, em que somente grandes empresas podiam arcar com os custos desses serviços.
  • 4º Vá além do antivírus
    O monitoramento não se faz somente com antivírus. Por isso, é essencial se manter atento a todas as movimentações da empresa e contar com provedores confiáveis. Tenha uma solução completa de segurança focada para a tecnologia de nuvem.

Conclusão

Como é possível concluir, a segurança de dados em nuvem é crucial na transformação digital de sua companhia. Cada vez mais, as corporações investem nessa solução, de modo se proteger contra ataques em meio a um movimento de transformação digital.

A Vivo Empresas está empenhada em auxiliar as organizações nessa jornada, oferecendo um portfólio completo de soluções para a proteção de dados e o combate aos ataques cibernéticos.

O Vivo Cloud Security Assessment, que é uma plataforma arquitetada para atender Pequenas e Médias empresas a verificarem se as políticas de suas plataformas de nuvem, sejam elas públicas ou multicloud, estão sendo bem aplicadas e quais melhorias podem ser feitas. 

De olho nessa revolução digital, a Vivo Empresas oferece muitas outras ferramentas para serem utilizadas pelas companhias no ambiente digital. Além da nova solução Vivo Cloud Security para segurança na migração em nuvem, a companhia  apoia a jornada de transformação digital de organizações de diversos setores com serviços de Conectividade, Rede Móvel, Voz Fixa e Banda Larga, além de Ferramentas de Colaboração, Segurança da Informação, TI, locação de Equipamentos de microinformática, Gestão de Tecnologia e IoT.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira estes artigos que separamos para você:

Compartilhe este conteúdo!

Solicite um contato
campo obrigátório

Enviamos conteúdos do seu interesse para seu e-mail, cancele a qualquer momento.

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio