Digitalizar é preciso: tecnologia no trabalho alavanca as empresas rumo ao futuro

30/04/2021 às 18:10

Muito antes da drástica mudança de cenário causada pela pandemia, a tecnologia no trabalho já dava bons frutos às empresas e também aos colaboradores. Para ilustrar, o uso de equipamentos como computadores e smartphones, bem como o acesso contínuo à internet, modificaram toda a forma de trabalhar. 

Afinal, esses recursos ajudam a manter uma equipe mais integrada, facilitam a pesquisa e  a comunicação com filiais, e concluem, muitas vezes em minutos, processos que antes levavam horas. 

Porém, a inovação no trabalho ainda vai além, principalmente após a aceleração do processo de digitalização, uma consequência da crise de Covid-19.

Um importante passo, por exemplo, é o aperfeiçoamento da automatização de máquinas a atividades. Isso, por sua vez, afeta diretamente indústrias e até mesmo o agronegócio, visto que podem otimizar produção e custos com a novidade. 

Contudo, não basta apenas adotar ferramentas modernas, é preciso fazer essa implementação de forma estratégica. O ideal é selecionar as soluções que estão mais alinhadas ao negócio e suas necessidades. Assim sendo, entender as vantagens e os desafios envolvendo cada recurso pode ajudar nessa importante escolha.

Neste artigo, você verá:

  • Um panorama da evolução da tecnologia no trabalho
  • Adoção de recursos tecnológicos torna dia a dia mais eficiente
  • Integração por meio da tecnologia no trabalho 
  • Tecnologia no trabalho traz eficiência em custos e otimização de recursos 
  • Digitalizar é se preparar para o futuro 

Um panorama da evolução da tecnologia no trabalho

tecnologia no trabalho
O uso de tecnologia no trabalho ajuda a tornar processos mais céleres, precisos e econômicos.

Há 30 anos, as máquinas de escrever ainda dominavam muitos ambientes de trabalho, estando presentes, por exemplo, em consultórios. Naquela época, o cadastro de pacientes era feito de forma manual, em fichas de papel, que eram armazenadas em grandes arquivos com milhares de pastas. 

Não tanto tempo atrás, em meados de 2010, ainda havia mercado para essas máquinas, porém muito pequeno. Nesse mesmo período, um computador com impressora custava pelo menos quatro vezes mais que uma Olivetti

Mas é claro que, com demandas cada vez mais complexas, o “PC” ganhou o cenário e até hoje é um item indispensável para qualquer organização. 

Dessa forma, principalmente nos últimos 10 anos, houve um crescimento enorme no uso de tecnologia no trabalho. São computadores, soluções em nuvem e espaços digitais para compartilhar documentos e colaborar com a equipe. 

Nesse sentido, a pandemia também acelerou a adoção de mais recursos, em especial para viabilizar o trabalho remoto ou híbrido


LEIA MAIS: Soluções de conectividade: por que são essenciais para o avanço das empresas na era digital


Para exemplificar, um estudo publicado no início de abril pelo Gartner estima que o número de dispositivos ativos em 2021 chegará a 6,2 bilhões de unidades. A previsão inclui notebooks, computadores de mesa, tablets e smartphones.

Atualmente, uma das estruturas utilizadas nas organizações é a composição híbrida de tecnologias, que combina instalações locais (servidores, por exemplo) com serviços em cloud pública e privada. 

É por isso, também, que os gastos mundiais com TI tendem a crescer. Segundo o Gartner, serão US$ 4,1 trilhões investidos em 2021, um aumento de 8,4% em relação ao ano anterior.

Webinar | Tecnologia M2M_V1

Adoção de recursos tecnológicos torna dia a dia mais eficiente

Algumas formas de tecnologia no trabalho foram aplicadas de maneira mais ampla nos últimos anos e, em 2020, tiveram uma forte aceleração no crescimento. Um bom exemplo é a conectividade, que pode ser considerada a base para todas as soluções digitais.

Isso porque o acesso à internet estável, veloz e com capacidade para a demanda de tráfego de dados é algo fundamental para organizações de todos os portes. 

Pequenos varejistas dependem de ferramentas conectadas para alavancar suas vendas online. Já grandes multinacionais, por sua vez, também precisam para manter os negócios alinhados entre diferentes unidades. 

Dessa forma, é inegável a importância da conectividade para companhias no cenário atual. Por isso, segundo um estudo da IDC, ela é uma prioridade estratégica para 39% das companhias da América Latina.

Para suprir essa necessidade do mercado, a Vivo Empresas oferece pacotes de conexão que vão até 1 Giga e incluem Wi-Fi grátis, além do recurso Vivo Protege Empresas.

Hoje, com o crescimento das atividades remotas, a nuvem também é um elemento-chave para os negócios. Afinal, ela permite que líderes e colaboradores sigam com suas atividades a partir de qualquer lugar. 

Aliás, a cloud foi uma das principais viabilizadoras do grande movimento de transformação digital de 2020. Assim, também cresceu sua relevância no mercado.

De acordo com uma publicação em abril do Gartner, os gastos globais em serviços de nuvem pública devem crescer 23,1% em 2021, totalizando US$ 332,8 bilhões.

Já no Brasil de 2021, investimentos desse gênero, principalmente com serviços de infraestrutura (IaaS) e plataforma (PaaS), chegarão a US$ 3 bilhões. Enquanto os gastos com cloud privada no país serão US$ 614 milhões, segundo previsão da IDC divulgada no ano passado.


LEIA MAIS: Soluções em cloud modernizam empresas de todos os tamanhos em diferentes processos; conheça as vantagens


Integração por meio da tecnologia no trabalho 

Entre as previsões da Forrester Research para 2021, há uma que indica que o home office aumentará 300% em comparação aos níveis pré-Covid-19. Porém, com acesso à tecnologia no trabalho, isso não significa ter menos integração da equipe.

Nesse sentido, a nuvem mais uma vez tem um papel fundamental. Afinal, por meio dela é possível ter um virtual workplace que ofereça facilidades para armazenar e compartilhar arquivos

Do mesmo modo, na cloud encontram-se as ferramentas de colaboração, como as oferecidas pelo Microsoft 365, nas quais é possível que funcionários trabalhem no mesmo documento. Estão inclusos softwares de videoconferência, plataformas de gestão e agendas compartilhadas para facilitar o cotidiano.

Aliás, recursos como esses ajudam não apenas na comunicação do time, mas também são grandes aliados da produtividade e do armazenamento seguro. Mesmo porque, com o aumento de colaboradores em teletrabalho, também cresceram os riscos relacionados a essa conexão. 

De acordo com um levantamento da Kaspersky, somente entre fevereiro e abril de 2020, os golpes focados em ferramentas de acesso remoto aumentaram 333% no Brasil.

Além disso, um fator ainda mais preocupante é que as ações de ransomware, conhecidas como sequestro de dados, também vêm evoluindo. Segundo o Panorama de Ameaças da Kaspersky na América Latina, foram cerca de 5 mil ataques bloqueados por dia de janeiro a setembro de 2020. 

Em outras palavras, o ambiente digital tem muito a oferecer, mas é preciso investir em boas medidas de proteção para aproveitar essas oportunidades.

Inclusive, a cibersegurança já é prioridade nas corporações, como mostra o relatório Future of Secure Remote Work da Cisco. Nele, 85% dos entrevistados afirmam que a segurança cibernética é extremamente importante ou mais importante do que foi antes da pandemia.


LEIA MAIS: Como aumentar a segurança e o controle dos ambientes virtuais da sua empresa


Tecnologia no trabalho traz eficiência em custos e otimização de recursos

Como é possível perceber, as vantagens de se utilizar a tecnologia no trabalho são muitas em relação à agilidade, produtividade e integração de equipe. 

Entretanto, os recursos tecnológicos também são importantes para reduzir custos, o que é ainda mais importante no cenário de retomada econômica. 

A princípio, empresas que migram para a nuvem conseguem usar uma ampla variedade de serviços, sem a necessidade de aquisição. Entre os principais estão:

  • Software como Serviço ou Saas: um dos serviços mais populares, pois disponibiliza softwares prontos para uso, sem precisar comprar a licença;
  • Plataforma como Serviço ou PaaS: oferece um espaço virtual para desenvolvimento e execução de programas;
  • Infraestrutura como Serviço ou IaaS: viabiliza a estrutura digital do negócio, com direito a hospedagem de aplicativos e dados.

Em outras palavras, todo o ecossistema corporativo pode ser levado para a cloud, reduzindo custos na compra de softwares, atualização de licenças, entre outros.

Há ainda outro ponto em que é possível otimizar os gastos, sobretudo para companhias que estão se digitalizando agora: o aluguel de dispositivos.

Para ter uma operação digital eficiente e segura, é essencial contar com uma infraestrutura atualizada. Principalmente porque dispositivos mais antigos muitas vezes não aceitam novos protocolos de segurança e criptografia, o que pode resultar em vulnerabilidades no sistema

Inclusive, diversos gestores acabam desistindo de incorporar soluções digitais, devido a esse gasto inicial para compra de aparelhos. 

Nesse cenário, a Vivo Empresas oferece uma alternativa na solução Vivo Tech, uma opção de aluguel de equipamentos, como notebooks e impressoras, que viabiliza o uso de sistemas atualizados, com direito a suporte técnico.

Dessa forma, além de não ser necessário investir na aquisição dos eletrônicos, também não é preciso se preocupar com a manutenção ou a atualização das máquinas.


LEIA MAIS: Como a capacidade de processamento dos equipamentos impacta o avanço da digitalização


Digitalizar é se preparar para o futuro

tecnologia no trabalho
Com Home Office, colaboradores têm mais flexibilidade para trabalhar e até se sentem mais produtivos

Atualmente, muitas empresas tradicionais já buscam refúgio no workplace virtual e até já adotavam a tecnologia no trabalho antes da pandemia.

Inclusive, em março deste ano, a McKinsey & Company divulgou um artigo sobre essa transformação e citou que os três principais racionais estratégicos para se digitalizar são:

  • Buscar novas fontes de receita;
  • Atender a demanda e a expectativa dos consumidores digitais;
  • Proteger-se contra novos entrantes (concorrentes estreantes).

Da mesma forma, essa tendência virtual irá continuar e até se amplificar nos próximos anos. E, nesse cenário, mesmo quem buscou manter a maioria de sua estrutura física terá que se adaptar para seguir competitivo.

Segundo o Gartner, há três direcionamentos que não poderão ser ignorados. O primeiro é a hiperautomatização da rotina de trabalho, que consiste na ideia de que qualquer processo que pode ser automatizado, deve ser. 

As atividades que seguirão nas mãos de gestores, por exemplo, serão aquelas que demandam criatividade ou habilidades sociais. 

Em segundo lugar, a consultoria afirma que a destreza digital será imperativa. Isso já não é surpreendente, considerando a quantidade de recursos tecnológicos adotados e que precisam ser operados diariamente. 

Por fim, há a tendência de forças de trabalho on-demand. Ou seja, cada vez mais será necessário ter um modelo de distribuição de equipes para que elas funcionem plenamente independentemente de onde estiverem.

Além disso, as companhias deverão ter a capacidade de selecionar times especializados rapidamente para tocar projetos específicos. O que significa utilizar recursos, como a própria inteligência artificial, para facilitar a análise e o recrutamento.


LEIA MAIS: Tecnologia em PMEs: como a digitalização foi acelerada


Conclusão

Há uma enorme variedade de recursos tecnológicos disponíveis para as organizações que estão prontas para dar esse próximo passo da digitalização. De ferramentas que auxiliam na integração da equipe até a automatização de processos, a tecnologia no trabalho contribui muito para um negócio mais resiliente e competitivo. 

Todavia, escolher qual a melhor estratégia digital para o seu negócio pode não ser uma tarefa simples. E todo o planejamento seguinte depende dela. 

É por isso que a Vivo Empresas está preparada para atuar como uma parceira estratégica de negócios de todos os portes e segmentos. Contamos com um portfólio completo com soluções digitais em Conectividade, Cloud, Segurança, Big Data, IoT, Aluguel de Equipamentos, TI e Ferramentas de Colaboração.

Conheça nossas soluções e digitalize seu negócio. Afinal, o uso de tecnologia já passou de um bom investimento para algo necessário na evolução da companhia e nós podemos ajudar.

A propósito, quer saber mais sobre como a inovação auxilia colaboradores e gestores no ambiente corporativo? Então leia também:

Até a próxima!

Compartilhe este conteúdo!

Solicite um contato
campo obrigátório

Enviamos conteúdos do seu interesse para seu e-mail, cancele a qualquer momento.

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio