Startups na crise: tecnologia garantiu crescimento dos negócios durante a pandemia

Processos digitalizados, colaboração e conectividade se tornam pilares para empresas inovadoras se destacarem

19/10/2020 às 16:03

Processos digitalizados, colaboração e conectividade são pilares para empresas inovadoras se destacarem

Crescer e alcançar bons resultados durante a pandemia tornou-se uma tarefa complexa para empresas de diversos setores. Entretanto, companhias de tecnologia têm apresentado indicadores melhores do que os negócios tradicionais.

Entre os pilares que sustentam a atuação das startups estão a flexibilidade de adaptação e o uso expressivo da tecnologia em diversos processos. Neste artigo você entenderá:

  • A continuidade dos negócios das startups na crise da Covid-19
  • Conectividade e Cloud sustentam negócios em crescimento
  • Conectividade em prol das startups na crise
  • Parceiros facilitam infraestrutura digital

Startups na crise da Covid-19

Um estudo realizado pelo Sebrae detectou que as startups e as empresas de tecnologia conseguem se reinventar com mais facilidade do que os negócios tradicionais. Por isso, tendem a obter maior sucesso em períodos conturbados.

De acordo com a pesquisa, houve uma queda de faturamento em 87% dos pequenos negócios convencionais durante a pandemia de Covid-19, enquanto 68% das startups sentiram esse impacto no mesmo período. Em contrapartida, as companhias de tecnologia tiveram um aumento de 13%, indicador maior do que o registrado no universo geral de PMEs (4%).

O resultado é a maior geração de empregos durante a pandemia (16% delas incrementaram seus quadros de colaboradores). Para Carlos Melles, presidente do Sebrae, esses dados positivos são justificados pela implementação de processos inovadores, que possibilitam maior produtividade e competitividade.

A Fundação Dom Cabral também comprovou essa tendência. Uma pesquisa realizada em maio verificou que 30,9% das startups consideraram os efeitos da crise interessantes para os seus negócios, sendo que 37,8% tiveram crescimento da receita durante o período.

Segundo a análise, as principais medidas adotadas para garantir prosperidade foram a aceleração de projetos, a ampliação das negociações e a expansão das atividades. Sendo assim, as startups modificaram ou intensificaram suas atuações com foco no crescimento.

As que obtiveram sucesso viram suas carteiras de clientes aumentar, bem como a procura por novos produtos. Essa elevação está atrelada à incorporação de novos recursos para a criação de produtos e serviços ou para a otimização das tarefas que já eram realizadas anteriormente.

Adicionalmente, o ano de 2020 segue forte em dinheiro investido para o segmento. De acordo com estudo realizado pela Distrito, já foram aplicados US$ 939 milhões em fintechs brasileiras até o mês de setembro deste ano.

As startups com bons indicadores declararam que a tecnologia favoreceu a tomada de decisões, potencializando suas operações.

Webinar | Proteger sua empresa de ataques virtuais_V1

Conectividade e Cloud sustentam negócios em crescimento

A conectividade é essencial para qualquer companhia, uma vez que é imprescindível ter uma rede de qualidade para poder expandir e fazer criações inovadoras. Para ajudar os empreendimentos, a Vivo Empresas conta com Internet dedicada de alto desempenho e confiável disponível para seus usuários.

Se as soluções em cloud já vinham em uma crescente, a pandemia potencializou ainda mais o uso dos ambientes virtuais nas empresas. A Microsoft, por exemplo, declarou que houve um aumento de 47% nas vendas do Microsoft Azure durante o segundo trimestre de 2020.

E a expectativa é otimista para todo o setor. Segundo previsão do Gartner, o mercado global de serviço em nuvem pública deve crescer 6,3% ainda este ano.

Para startups, a utilização de soluções em cloud é bastante promissora, justamente pela flexibilidade que garante. A empresa paga apenas pelos serviços e pelo espaço de que necessita, podendo aumentar ou reduzir conforme a demanda.

A Vivo Empresas, por exemplo, oferece um portfólio completo de soluções em cloud para organizações de diferentes portes e áreas de atuação. Negócios ligados à inovação, por exemplo, utilizam bastante os recursos exatamente por se encaixarem facilmente ao ritmo de cada uma, garantindo agilidade de implantação, gestão consolidada do ambiente de TI, controle de gastos e alta disponibilidade de sistemas.

Colaboração: investimento das startups na crise

A conexão eficiente entre colaboradores, gestores e colegas de trabalho contribuiu para os bons resultados obtidos pelas startups na crise. 

É inerente ao perfil das empresas de tecnologia o incentivo ao trabalho em conjunto, feito a partir de plataformas que possibilitam a colaboração. Tal característica mostrou-se ainda mais importante no período de isolamento social.

O fato de já terem uma infraestrutura de conectividade preparada e um leque definido de ferramentas conferiu maior tranquilidade à fase de adaptação ao home office em massa, o que pode ter contribuído para a conquista dos indicadores positivos em um período conturbado.

Para se ter uma ideia, um estudo realizado pelo Capterra mostrou a rápida resposta das PMEs nacionais aos efeitos do isolamento. Em maio de 2020, 43% das companhias consultadas já haviam comprado ou instalado algum novo programa para garantir uma operação remota mais eficiente.

Além disso, 25% ainda sinalizaram que pretendem investir mais nesse tipo de recurso nos próximos meses. Entre os softwares de maior interesse, estão os de videoconferência, assistência remota e o Pacote Office.

Conclusão

A jornada de transformação digital de startups e empresas de tecnologia costuma ter um ritmo mais acelerado, o que foi importante para assegurar bons resultados durante a pandemia. 

Nesse período, tais companhias conseguiram utilizar a tecnologia a favor das suas atuações, com o uso da conectividade e de soluções em cloud, como as ferramentas de colaboração e ambientes virtuais.

É essencial que, assim como aconteceu anteriormente, elas continuem em busca de soluções capazes de otimizar seus processos. Assim, sempre estarão à frente das movimentações do mercado quando acontecer algum tipo de mudança impactante ou crise.

Nós, da Vivo Empresas, acreditamos que, por meio das tecnologias digitais, é possível preparar o negócio para crescer, também, em momentos conturbados. Isso é digitalizar para aproximar.

Por isso, oferece um portfólio abrangente, capaz de atender diferentes necessidades das companhias. Além de serviços tradicionais, como Rede Móvel, Voz Fixa e Banda Larga, oferecemos soluções completas de Conectividade, Equipamentos, Cloud, Segurança, Big Data, Ferramentas de Colaboração, TI, Gestão de Tecnologia e IoT.

Quer saber como as startups continuam crescendo? Leia mais sobre o tema nestes artigos que separamos para você:

Até a próxima!

Compartilhe este conteúdo!

Solicite um contato
campo obrigátório

Enviamos conteúdos do seu interesse para seu e-mail, cancele a qualquer momento.

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio