Tecnologia eSIM: saiba como funciona a nova geração de chip para celular

Foto do autor

O celular é, hoje, uma das principais ferramentas de trabalho. Não à toa, o aparelho vem ganhando cada vez mais funções e recursos que acrescentam praticidade e produtividade à rotina. Um exemplo é a tecnologia eSIM, uma evolução do chip físico.

Trata-se de um componente soldado diretamente na placa do telefone, dispensando a necessidade de inserir qualquer peça no aparelho. 

Entre os seus benefícios, vale o destaque para a praticidade para ativar ou transferir as linhas; a segurança, uma vez que os dados presentes no smartphones poderão ser bloqueados em caso de perda ou roubo; e a própria conservação do chip.

É por esses motivos que a tecnologia vem sendo utilizada com frequência no universo corporativo, sobretudo por quem precisa manter mais de um telefone: o pessoal e o de trabalho.

Nesse sentido, o artigo de hoje traz as principais vantagens do recurso para o seu negócio e como os clientes Vivo Empresas podem migrar para o eSIM, num processo rápido, prático e 100% remoto. Veja também:

  • Qual é o uso do mobile no ambiente corporativo
  • O que é a tecnologia eSIM
  • Quais são todas as vantagens
  • Como aderir ao recurso
  • De quais formas acontece a ativação ou a migração para clientes Vivo Empresas

Mobile no ambiente corporativo: ferramenta indispensável

representação gráfica da tecnologia eSIM com um chip sob a tela de um smartphone
Tecnologia eSIM garante mais segurança e flexibilidade ao lidar com linhas móveis

É cada vez mais recorrente o uso de celulares no contexto de trabalho, sobretudo com a ampliação do trabalho remoto (muito impulsionada pela pandemia). 

Tanto que, segundo uma pesquisa realizada pela Fundação Getulio Vargas (FGV EAESP), e divulgada em junho de 2020, existem 234 milhões de smartphones no Brasil, o equivalente a mais de um aparelho por habitante. 

Muitos deles são utilizados para realizar tarefas corporativas, como o uso de ferramentas de gestão, ou para garantir uma boa comunicação entre as equipes.

Para se ter uma ideia, durante a crise ocasionada pela propagação do coronavírus, os smartphones tornaram-se a ferramenta mais utilizada para trabalhar e estudar. 

A informação parte da 3ª edição do Painel TIC Covid-19, publicada em novembro de 2020. No estudo, também é revelado que, no âmbito profissional, o dispositivo é o preferido de 41% dos consultados, ficando na frente dos notebooks (40%) e de computadores de mesa (19%).

Sendo assim, as tecnologias capazes de otimizar o seu uso despontam como prioritárias. O eSIM é uma delas.

Vantagens internet das coisas (IoT)

O que é a tecnologia eSIM

Lançada no início de 2019, a tecnologia eSIM é compatível apenas com alguns aparelhos específicos. A lista era pequena no início, mas vem ganhando novos nomes desde então (mais à frente, daremos a indicação de como consultá-la na íntegra).

Podemos dizer que se trata de um chip eletrônico, que é ‘soldado’ diretamente nos dispositivos móveis. Ou seja, não há peças físicas, o que impossibilita a sua remoção ou troca por terceiros.

Ao comprar o aparelho, portanto, não é preciso adquirir um novo chip ou se preocupar com o tamanho do mesmo. Basta começar a utilizar o smartphone depois de ativá-lo. 

Aliás, uma das principais características da tecnologia é a possibilidade de contar com múltiplas linhas em um mesmo telefone. Cada pessoa consegue ter, por exemplo, um número pessoal e uma linha corporativa, o que torna o dia a dia de trabalho mais prático.

Isso só é possível porque os smartphones que suportam a tecnologia eSIM têm, pelo menos, suporte a mais um SIM card físico.

Assim, caso esse mesmo celular seja dual-SIM  (apto a receber dois chips físicos) e ainda for equipado com a tecnologia eSIM, no total, oferecerá suporte a até três linhas diferentes.


LEIA MAIS: Avanço nas telecomunicações foi crucial para transformação digital de empresas


Vantagens da tecnologia eSIM

Há diversos benefícios atrelados ao chip eletrônico. Um deles é o fato de não quebrar ou se desgastar, como pode acontecer nas versões físicas. Além disso, caso o aparelho seja roubado, seu eSIM não será removido, impedindo o criminoso de revender ou utilizar o telefone.

Da mesma forma, como não há como transferir o chip eletrônico de celular, outro risco mitigado é a possibilidade de tentarem se passar por você utilizando sua linha telefônica.

Tudo isso sem contar o fato de não precisar se preocupar em comprar SIM cards (nem pesquisar o tamanho adequado para o aparelho em questão, uma vez que há diferentes possibilidades). 

Ou seja, ao receber o celular, por exemplo, é possível desbloqueá-lo e começar a usar rapidamente. Em alguns casos, esse procedimento é feito de maneira totalmente remota, com mais segurança, comodidade e menor burocracia.

Ademais, ao utilizar um eSIM, a portabilidade também acontece de um modo mais simplificado, uma vez que não será preciso trocar de chip para seguir com uma nova operadora.


LEIA MAIS: Como otimizar o uso da telefonia móvel no seu negócio?


Como aderir à tecnologia eSIM

Antes de tudo, o celular deve dispor de um chip eletrônico (consulte se o aparelho é compatível antes de comprar ou solicitar a troca). No entanto, a companhia telefônica também precisa trabalhar com o recurso. 

Clientes Vivo Empresas, por exemplo, já podem utilizar seus planos móveis com o eSIM.

Uma vez que esses pontos estejam resolvidos, migrar para o eSIM é simples: depois da contratação, é possível ativá-lo diretamente no aplicativo Meu Vivo Empresas

O processo é totalmente digital, ou seja, não há a necessidade de ir a uma loja física. Com um QRCode, é possível ativar facilmente a linha no aparelho, sem burocracia e com maior segurança.

Em situações de perda e roubo, o eSIM pode ser facilmente transferido para um novo aparelho móvel, liberando o uso imediato da linha. Dessa forma, a comunicação da companhia e também os dados que estavam no dispositivo não ficam ameaçados.

O conceito em longo prazo é criar um padrão de eSIM na indústria como um todo, trazendo economia de custos, maior segurança aos consumidores e conveniência na hora da portabilidade

Gabriel Domingos, Diretor de Marketing da Vivo Empresas

Como ativar ou migrar o seu chip para o eSIM Vivo Empresas

Somente as companhias que possuem telefones compatíveis com a tecnologia poderão realizar a troca de SIMCard para eSIM. O procedimento, no entanto, é simples e rápido, podendo ser feito totalmente online. 

Os principais benefícios do eSIM Vivo Empresas:

  • Maior comodidade no processo de ativação, uma vez que ocorre de forma remota;
  • Processos de reativação e alteração de equipamentos sem a necessidade de interação presencial ou por telefone;
  • O eSIM não desgasta e nem quebra;
  • Não é removível, o que traz mais segurança pois não pode ser manuseado por pessoas mal intencionadas;
  • Permite ativar mais de uma linha no mesmo smartphone – você pode manter linhas pessoais e profissionais separadas e organizadas;
  • Ativação virtual sem necessidade de aguardar envio do SIMCard Físico.

Líder no fornecimento de soluções tecnológicas B2B, a Vivo Empresas também é a única a oferecer a migração para a tecnologia eSIM de forma totalmente remota, priorizando a segurança, conveniência e praticidade de seus clientes.

Na prática, isso significa que, para utilizar a novidade, não é necessário se dirigir a um ponto de venda, tampouco esperar atendimento via telefone ou chat. Basta que o celular seja compatível com o chip eletrônico e seguir os passos indicados no portal Meu Vivo Empresas, por meio do navegador. 

Além disso, vale lembrar que os clientes Vivo Empresas contam com a  maior cobertura de rede móvel do Brasil, com a vantagem de ter sempre um gerente de conta exclusivo para tirar dúvidas, resolver problemas e apresentar possibilidades.

Todos os planos corporativos ainda oferecem ligações ilimitadas para qualquer operadora do país, aplicativos essenciais que não descontam da franquia, como Waze e WhastApp, e gerenciamento dos planos por meio do Vivo Gestão.

Tecnologia eSIM também está nas soluções de IoT da companhia

representação gráfica da tecnologia eSIM com um chip sob a tela de um smartphone
Além de ser a única que permite migração 100% online, Vivo Empresas já utiliza a tecnologia eSIM em soluções de IoT

Muito em razão de ser uma solução ainda em processo de implementação nos smartphones atuais, o eSIM chega para os celulares de clientes Vivo Empresas só agora. 

A verdade, no entanto, é que a tecnologia já é empregada em outros serviços da companhia há algum tempo, a exemplo das soluções de Internet das Coisas (IoT) e comunicação machine-to-machine (M2M).

Focados na automação de tarefas, os recursos baseados nessas tecnologias já utilizam o chip eletrônico para levar inovação e eficiência à indústria nacional. Além disso, graças à tecnologia, os clientes Vivo Empresas podem ter muito mais controle dos equipamentos e “coisas” conectados via IoT.

Dessa forma, toda empresa que adquirir a solução pode fazer a adequação do ciclo de vida dos SIM Cards, incluindo testes durante o processo de desenvolvimento e produção até a implantação do serviço para o cliente final.

Assim, as empresas podem identificar os modelos mais aderentes ao seu negócio. Ademais, os pacotes de dados ainda possibilitam a separação do tráfego por tipo de serviço, trazendo mais segurança para a conectividade de IoT. 

Gestão consultiva apoia a tomada de decisões

Todos os dispositivos conectados são gerenciados através da Vivo Kite Plataform®, que permite realizar a ativação e desativação remota de linhas. 

Em outras funcionalidades, a ferramenta ainda pode servir de base para uma tomada de decisão mais acertada, uma vez que também é capaz de sugerir mudanças estratégicas aos gestores.

Não por menos, a Vivo Empresas é líder no setor de IoT e M2M no Brasil, com 36% de participação de mercado (fev/21) e mais de 10 milhões de dispositivos conectados. 

Estamos evoluindo cada vez mais com um ecossistema que une conectividade, aplicações e plataforma exclusiva de gestão para internet das coisas. Nossa estratégia abre caminho para que novos negócios internacionais venham para o País, além de fortalecer nossa relação com a indústria nacional, que passa a ter nossa conectividade como parte integrante da linha de montagem.

Diego Aguiar, head de IoT, Big Data e Inovação B2B da Vivo Empresas

Concluindo

A tecnologia eSIM garante maior praticidade e segurança a linhas corporativas, uma vez que dispensa o uso de chips físicos. Suas principais vantagens são a agilidade para ativar ou transferir a linha (em caso de perda ou roubos). 

Outra característica é a possibilidade de ter mais de um número no aparelho, podendo utilizar o mesmo celular para atividades pessoais e profissionais.

Ciente de todos esses benefícios, a Vivo Empresas oferece a tecnologia para os seus clientes, permitindo a ativação ou a troca com facilidade, sem a necessidade de contato físico. Tudo acontece com menos burocracia e mais segurança. 

Aproveite para conferir todos os detalhes sobre o processo de migração/ativação do chip eletrônico, bem como a lista completa de aparelhos compatíveis.

Aliás, quer saber mais sobre novas tecnologias que otimizam o dia a dia profissional? Então, confira os artigos que selecionamos:

Até a próxima!

Foto do autor
Solicite um contato