Tendências para 2021: prepare a sua empresa

08/12/2020 às 14:49

O ano de 2020 foi completamente atípico para as companhias. A pandemia pressionou o botão “turbo” do processo de transformação digital, uma vez que a atuação remota exigiu a adoção de recursos tecnológicos eficientes. E toda essa movimentação influenciou também a lista de tendências para 2021. 

Diversas consultorias, como Gartner e McKinsey, estudaram as mudanças ocorridas nos últimos meses no mundo inteiro. Com base nisso e em projeções de mercado, elencaram soluções e conceitos capazes de impulsionar os negócios em meio à crise.

Neste artigo, você verá, portanto, quais inovações despontarão como prioritárias no próximo ano. Saiba também:

  • O que ocorreu em 2020;
  • Quais são as tendências para 2021;
  • Que tipo de tecnologia será imprescindível para driblar a crise.

Tendências para 2021: o que é promissor

Quando elaboraram as listas de tendências para 2020, as consultorias especializadas jamais poderiam imaginar o cenário atual. Uma pandemia que obrigou a adoção do trabalho remoto, impôs distâncias mínimas entre as pessoas, fechou estabelecimentos, automatizou processos e fez as aulas acontecerem a distância, entre muitas outras mudanças.

A lista de restrições foi extensa. No entanto, as operações tiveram de seguir em frente, seja em escritórios, restaurantes ou instituições de ensino. E foram os recursos tecnológicos que permitiram tal continuidade. 

Mas como será a evolução disso tudo? Ou seja, o que será levado adiante? Quais ferramentas ajudarão a superar obstáculos causados pela crise?

São muitos os questionamentos. Para ajudar a sua empresa a avançar nesse novo cenário, nós, da Vivo Empresas, fizemos um compilado das principais projeções tecnológicas para 2021, usando como base estudos de instituições e organizações como Gartner, McKinsey, Forrester e Google. 

Confira a seguir:

Dados

Em sua lista de tendências para 2021, o Gartner colocou o uso de dados em primeiro lugar. As informações captadas por meio de dispositivos móveis conectados, por exemplo, são capazes de oferecer feedbacks efetivos para a melhoria de processos. Ou, então, para a criação de campanhas mais assertivas.

Tomar decisões com base em números e fatos reais é um caminho bastante promissor, de acordo com a consultoria. Trata-se de um conceito chamado de “Internet of Behavior” (Internet do Comportamento, na tradução para o português), capaz de reunir informações de múltiplas fontes, como setor público, agências governamentais, comércio, redes sociais e geolocalização, entre outros.

De acordo com a consultoria, a sofisticação dos recursos de captação e processamento foi o que impulsionou o crescimento dessa tendência.


LEIA MAIS: Veja como a solução de Big Data da Vivo ajudou na expansão da rede Benjamin A Padaria 


Multiexperiências

Já o estudo Predictions 2021, da Forrester Research, apontou que haverá um interesse maior das pessoas em experimentar novos formatos para comprar, sobretudo os que proporcionem conforto, controle e felicidade. E isso envolve o uso de tecnologias de suporte, tais como a realidade aumentada (AR) e a virtual (VR).

Realidade Aumentada é uma tendência para o próximo ano

Segundo a pesquisa, em 2021, quase metade da população norte-americana terá vivenciado algo do gênero. A lista elaborada pelo Gartner traz um tópico semelhante. No entanto, em vez de ser direcionado apenas ao percurso cliente, apresenta uma nova palavra: multiexperiência.


LEIA MAIS: Por que implementar a Inteligência Artificial na educação é tão importante?


Ou seja, para a consultoria, uma operação eficiente dependerá da soma da jornada do cliente, da satisfação dos colaboradores e das ferramentas tecnológicas utilizadas.

O objetivo é melhorar a experiência geral, onde essas peças se cruzam, tornando-a mais segura e integrada para todos. É preciso conectar fortemente todas elas, em vez de aprimorá-las em silos.

Fonte: Gartner.

Privacidade e segurança

Recursos e ferramentas que asseguram privacidade e segurança são destaques em 2021, de acordo com as listas elaboradas por Gartner, Forrester e McKinsey. Cabe às companhias a estruturação de um ambiente confiável, no qual dados confidenciais podem ser processados e analisados.

Tal configuração, segundo o Gartner, permite que as organizações desenvolvam suas atividades a distância, sem colocar em risco a confidencialidade das informações. “Essa abordagem é projetada especificamente para a necessidade crescente de compartilhar dados, mantendo a privacidade e a segurança“, detalhou o estudo.


ASSISTA AO WEBINAR: Visibilidade e controle do tráfego web para uma navegação mais segura


Operação remota

Uma das principais mudanças em 2020 foi a adoção, em larga escala, do trabalho a distância. O modelo colheu resultados positivos, tanto que diversas empresas decidiram adotá-lo de maneira definitiva. O Gartner definiu tal tendência como “operação em qualquer lugar”.

A Forrester Research destacou que o trabalho remoto aumentará 300% em comparação aos níveis pré-COVID. Essa configuração permite que negócios e atividades sejam acessados, entregues e executados em ambientes virtuais, sem a necessidade de estarem todos no mesmo espaço físico.

Trabalho a distância deve aumentar no cenário pós-pandemia

Isso não quer dizer que o modelo presencial deixará de existir, mas também precisará passar por uma evolução digital. Uma loja, por exemplo, deverá oferecer a possibilidade de escolher os produtos localmente e realizar o pagamento online.


LEIA MAIS: Veja como a conectividade suporta o modelo de trabalho híbrido


Processos automatizados

A lista de tendências para 2021 da Forrester Research trouxe, com destaque, a automatização de processos. O atendimento é um deles. De acordo com o estudo, suportados por tecnologias de ponta, os chatbots podem oferecer experiências mais ágeis e customizadas.

O Gartner corrobora com a previsão. Segundo a consultoria, a inteligência das máquinas tornará as tarefas rápidas e ajudará a detectar possíveis melhorias nas operações. Além disso, permitirá que as equipes deem mais atenção a questões estratégicas (em vez de mecânicas).

Tal benefício também é apontado como tendência pelo IDC, que previu a adesão de 50% dos CIOs (Chief Information Officer) à robotização até o final de 2024.

Nuvem distribuída

Segundo o Gartner, os serviços serão alocados em diferentes locais físicos, mas a governança permanecerá sob a responsabilidade do provedor de nuvem pública. O conceito chama-se nuvem distribuída (distributed cloud) e, de acordo com a consultoria, promete garantir mais economia, baixa latência e maior facilidade para gerenciar os dados de acordo com as leis locais.

A Forrester Research, por sua vez, apontou que 30% das companhias vão acelerar e expandir a migração das cargas de trabalho para ambientes cloud. A expectativa é de que o mercado cresça 35% até o final de 2021.


LEIA MAIS: Saiba como proteger a sua empresa na migração para a nuvem


Webinar | Tendências em tecnologia proteger sua empresa_V1

Concluindo

A tecnologia digital foi essencial para viabilizar as operações em 2020 e seguirá marcando forte presença nos negócios. Entretanto, todas as tendências apontadas pelas consultorias mencionadas aqui necessitam de um recurso específico para funcionar: uma solução robusta de conectividade, capaz de manter sistemas, dispositivos e programas operando em rede.

É imprescindível preparar essa base, que irá suportar todo o resto, desde as soluções em nuvem aos processos automatizados.

Seguindo firme em seu propósito de ‘digitalizar para aproximar’, a Vivo Empresas apoia a evolução tecnológica de organizações de todos os tamanhos e setores, com soluções completas não apenas de Conectividade, como também em locação de Equipamentos, Cloud, Segurança da Informação, Big Data, Ferramentas de Colaboração, IoT e TI.

Quer se atualizar com mais tendências de mercado? Confira:

Até a próxima!

Compartilhe este conteúdo!

Solicite um contato
campo obrigátório

Enviamos conteúdos do seu interesse para seu e-mail, cancele a qualquer momento.

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá os melhores conteúdos para ajudar a gerenciar, expandir ou inovar o seu negócio