Saiba como dar vida à sua marca no mercado online

Foto do autor

Não é só o mercado de comunicação que sofreu profundas alterações com a ampliação do acesso à internet e, por consequência, às novas mídias digitais. Empresários de qualquer ramo de atuação devem ficar antenados às mudanças nas relações entre marca e consumidor. Quem não se preocupar em construir uma forte presença online corre o risco de ficar para trás.

De acordo com a resolução Connect 2020 Agenda for Global Telecommunication/ICT Development,  os estados membros se comprometeram a garantir que 60% da população mundial tenha acesso à internet até 2020.

O que nos leva a observar uma obviedade: a tendência será sempre de mais gente aprendendo a usar a tecnologia. E, portanto, adotando novos métodos de consumo.

Homem concentrado mexendo no computador

Uma empresa sem uma forte presença na web pode acabar “escondida” em relação à concorrência.

Garanta a presença da marca na web

A chave, aqui, é se colocar no lugar do consumidor. Primeiro, pense em como uma pessoa que usa o celular, tablet ou computador vai chegar até a sua marca nesses dispositivos. Saber em quais canais é fundamental que sua empresa esteja presente. E isso depende de qual produto ou serviço ela vende, da sua exclusividade e do perfil do seu público-alvo.

Webinar | Como manter a privacidade de dados_V1

Site institucional

Geralmente, o básico é um website, que funciona como um cartão de visitas da empresa. Há duas principais fontes de acesso ao site. Em primeiro, estão os usuários que procuram no Google por termos relacionados ao serviço que você oferece. Além disso, existem os que buscam diretamente pelo nome da empresa, para buscar mais informações após uma referência inicial externa.

A partir daí, é fundamental que o site ofereça opções de contato fáceis de encontrar. Outro detalhe importantíssimo é que o site seja responsivo, ou seja, que sua visualização se adapte em dispositivos móveis.

Se você pensa para frente, considere implantar um sistema de e-commerce e vender os produtos em uma loja virtual. Além disso, uma opção extra é desenvolver um aplicativo para smartphone, que pode servir tanto para venda de produtos quanto para obter informações sobre os pontos de venda.

Mas se apenas um site com contato e descrição e fotos dos produtos é o suficiente, uma fanpage no Facebook pode dar conta do recado. O ideal, no entanto, é diversificar a presença online da marca o quanto for possível. E, já que mencionamos uma rede social, vamos falar um pouco mais sobre esse meio.

Redes sociais

As redes – ou mídias – sociais são instrumentos muito interessantes para a divulgação de uma marca na internet. A grande diferença em relação a um site é que elas demandam atualização constante, não apenas dos conteúdos publicados, mas também em relação às novas tendências.

Isso porque o cenário das mídias sociais é muito dinâmico. A febre de hoje pode arrefecer e dar lugar a uma nova rede, com novas funcionalidades e linguagem. Além disso, marcas que se mostram antenadas nos “memes” e virais nas suas publicações tendem a ser mais populares com o público jovem. O ideal é ter ao menos uma pessoa (estudante ou formado em um curso de comunicação) dedicada a atualizar os perfis da marca.

E se já estiver em uso?

É possível que o endereço que você quer para o site ou o nome para o perfil em uma rede social já esteja ocupado. Nesse caso, você pode pensar em uma variação, colocando, além do nome, o serviço que ela presta. Mas se você tem o registro da marca, é possível alegar, em determinados casos, que o uso da URL é indevido. Para isso, consulte o órgão responsável.

E aí, aprovou nossas dicas para construir uma forte presença online para a sua marca? Com estratégias bem pensadas, identidade visual bem construída e conteúdo de qualidade, sua empresa fica mais evidente no mundo virtual.

Foto do autor
Solicite um contato