Tipos de servidores: como escolher o certo para a sua empresa

Foto do autor

Conectar departamentos e serviços de uma empresa é essencial e escolher entre os tipos de  servidores o que atenda melhor às necessidades do empreendimento, certamente é uma das coisas mais importantes a considerar. Os servidores estão no centro da infraestrutura de TI de qualquer negócio e tomar decisões erradas podem levar à compra de equipamentos desnecessários para o empreendimento, causando desperdício de tempo e dinheiro.

Ao construir ou expandir sua infraestrutura de TI, há alguns elementos-chave que você pode considerar primeiro que permitirão que você escolha as melhores opções para suas necessidades de negócios. Antes, no entanto, é preciso entender o que é esse sistema e qual sua utilidade dentro de uma estrutura empresarial.

Neste artigo você verá:

  • Quais são os motivos para ter um servidor
  • Como escolher uma solução de servidor
  • Quais são os tipos de servidores
  • O que considerar na hora de escolher um servidor
  • A importância de entender os tipos de servidores 

O que é um servidor

Engenheiro configurando servidores

Os servidores têm como objetivo suportar diversos usuários na mesma rede e são projetados para responder e executar várias atividades, além de hospedar dados e gerenciar o tráfego de rede. O equipamento necessário pode ser tanto um computador quanto um software e as suas funcionalidades são chamadas de serviços. A maioria das referências relacionadas a hardware diz respeito à máquina física.

Prepare seu negócio

Quais são os motivos para ter um servidor

Para a maioria das organizações, os servidores são essenciais para realizar negócios e proteger recursos confidenciais. Embora os servidores aumentem o número de computadores para dar suporte, eles também podem ajudar a consolidar recursos; diferentes tipos de hardware de servidor possibilitam o compartilhamento de impressoras, unidades de disco e aplicativos com usuários da rede.

Apesar de os usuários poderem compartilhar recursos em redes, um servidor está muito melhor equipado para gerenciar tudo isso. A utilização destes equipamentos também pode levar a uma maior produtividade por os recursos serem centralizados, o que permite que os funcionários compartilhem dados facilmente com seus colegas. Os usuários podem acessar os recursos de que precisam sem se preocupar em gerenciá-los. Não é necessário manter uma cópia dos dados em seus próprios sistemas, por exemplo. 

Além disso, os servidores permitem que os usuários acessem os aplicativos e os dados de que precisam em locais remotos, facilitando a produtividade dos funcionários quando viajam ou trabalham remotamente. Os servidores também agregam valor ao negócio porque protegem as informações, fornecendo a estrutura necessária para que os administradores controlem quais usuários podem acessar que arquivos, aplicativos e outros recursos.

Assim, os administradores podem controlar os mecanismos de segurança que implementam nos servidores, bem como monitorar os sistemas centralizadamente para problemas relacionados à segurança e conformidade.

Como escolher uma solução de servidor

Escolher o equipamento correto para a sua empresa vai depender de alguns fatores, mas o principal deles é o tamanho do seu negócio.  Em primeiro lugar, você precisa determinar quais são as suas necessidades de uso atuais ou potenciais para o futuro próximo  antes de comprar um servidor.

Se a sua empresa precisa de aplicações simples como compartilhamento de arquivos e pastas, um modelo mais básico pode suprir as suas necessidades. Já se a sua operação depende de processos muito sofisticados, certamente um servidor mais robusto e complexo deve ser a melhor opção.

Algumas das tarefas mais comuns que um servidor deve executar em um ambiente de negócios:

  • Hospedagem de e-mail
  • Compartilhamento de arquivos
  • Armazenamento em nuvem
  • Hospedagem de um site ou loja de e-commerce
  • Suporte a vários servidores virtuais
  • Hospedagem de aplicativos SaaS, como gerenciamento de relacionamento com o cliente, gerenciamento de faturas, gerenciamento de funcionários ou software de planejamento e colaboração.
  • Fornecer recursos de backup do sistema
  • Armazenar e colaborar em documentos
  • Fornecer desktops virtuais aos funcionários

Quais são os tipos de Servidores

Existem diferentes tipos de servidores disponíveis e cada solução de servidor tem vantagens e desvantagens. Estes podem estar localizados dentro ou fora da empresa, físicos ou remotos. Na hora de escolher entre os tipos de servidores disponíveis, deve-se levar em conta gastos e tráfego de dados.

Servidores Onsite

Esses servidores são instalados na empresa. Esses podem estar em uma sala separada ou em um prédio nas dependências da companhia. É necessário de um local separado e uma equipe de especialistas em TI para fazer a manutenção do servidor em caso de emergência. Além disso, manter os servidores no local pode trazer problemas com barulho, portanto, considere isso também. 

Data Centers Offsite 

Existem várias empresas de data center que oferecem serviços de aluguel de servidores para uma empresa. Você pode alugar esse lugar e deixar seus servidores lá. Essa pode ser uma opção bem prática porque é possível solicitar aos proprietários do data center os serviços de manutenção. Caso você prefira, também é possível contratar sua própria equipe e deixá-la no local. 

Servidores baseados em nuvem

Servidores em nuvem são uma tendência. Estes permitem que as empresas comprem espaços em servidores hospedados em diferentes lugares ao redor do mundo. Você pode decidir com base em suas operações de negócios e sua preferência e escolher um tipo de servidor que funcione melhor para você.

LEIA MAIS: Data center é importante para a transformação digital? Saiba tudo sobre

Servidor compartilhado

É o tipo mais comum que pode ser encontrado. Também chamado de web hosting compartilhado, esse servidor é mantido por uma empresa especializada. Nele, há espaço e recursos que são compartilhados com uma série de outras empresas que utilizam o serviço.

 É usado principalmente para pequenas empresas, e que não rodam aplicações complexas – geralmente não excedem os 10 gigabytes. Em muitos casos, mais de 100 empresas costumam dividir o mesmo web hosting.

Servidor Cloud Hosting

Também chamado de “grid hosting”, esse servidor funciona de maneira semelhante ao compartilhado. No entanto, uma diferença é fundamental: trata-se de um dos tipos escaláveis. Isso possibilita que vários servidores sejam colocados em linha, passando a operar coletivamente como se fossem um, mas de capacidade bem maior.

Servidor VPS (Virtual Private Servers)

O Virtual Private Servers é um intermediário entre os serviços compartilhados e aqueles de dedicação exclusiva. Embora seja a mesma máquina em uso, as partições são distintas, o que evita os riscos de você ser “derrubado” quando houver instabilidade na rede.

Servidor Reseller hosting

Também trata-se de um servidor compartilhado, mas com ferramentas que permitem que a empresa revenda ou tranforme parte do seu espaço contratado com a empresa de web hosting.

Servidor dedicado

Esse é um tipo de servidor onde você aluga um servidor físico em uma empresa de web hosting. Nesses casos, o cliente tem acesso total à rede. Isso permite que o usuário rode toda e qualquer aplicação através dele. É composto de pelo menos um computador em uma rede que é especificamente reservada para as necessidades do cliente. Cada servidor tem apenas um uso, daí a nomenclatura “dedicada”. 

Geralmente, um único servidor dedicado consegue ser opção ideal para hospedar um site ou aplicativo de alto tráfego e alta demanda, ou qualquer outra tarefa de alto volume e muitos recursos.

Servidor colocated servers

Coloca o seu próprio servidor na empresa de web hosting, sendo assim o único responsável por ele. Se o sistema falhar, você é o responsável pela sua manutenção.


LEIA MAIS: Infraestrutura de rede: saiba o que é e como ela acelera a transformação digital do seu negócio


O que considerar na hora de escolher um servidor

Na hora de escolher entre os tipos de servidores disponíveis, empreendedor deve levar em conta gastos e tráfego de dados.

Considere seu orçamento

As empresas têm requisitos diferentes quando se trata de comprar um servidor. Ao optar por ter servidores no seu empreendimento, terá que gastar comprando o hardware e configurando todos os equipamentos.

Se escolher essa opção, lembre-se que também será necessário contratar e treinar uma equipe de TI para eles poderem lidar com emergências de forma eficaz. Caso o seu negócio tem orçamento para isso, pode ser uma opção interessante.

Agora, se eu sua empresa estiver no estágio de crescimento e ainda não tiver orçamento suficiente,  comprar soluções de um servidor em nuvem é a melhor alternativa. Dessa forma, você poderá obter os recursos do servidor de que precisa.

Pense em crescimento e escalabilidade do negócio

As necessidades de recursos e tipos de servidor para sua empresa vão mudar à medida que sua empresa crescer. É interessante pensar a médio prazo e tentar determinar quais serão as necessidades em 2 a 5 anos.

Se é necessário aumentar o número de servidores no futuro, por exemplo,  é essencial comprar uma solução de servidor que seja facilmente escalável. Lembre-se que as soluções de servidor em nuvem são facilmente escaláveis, em comparação com as físicas. 

Isso torna estas ferramentas, a escolha ideal para novos negócios que ainda terão expansão. É preciso pensar que as necessidades mudam e consequentemente vão mudar também os tipos de servidores. 

Obtenha aconselhamento especializado

Se você quiser ter certeza de que escolheu o servidor certo para o seu negócio, obter aconselhamento especializado pode ajudar muito. Você pode consultar especialistas em tecnologia de servidor e compartilhar com eles suas necessidades e receber as recomendações sobre que tipo de servidor usar.

A importância de entender os tipos de servidores 

Conforme visto ao longo deste artigo, saber como escolher o tipo de servidor que você necessita é essencial para aumentar o desempenho no local de trabalho. Os servidores protegem os dados, centralizam os recursos e permitem a produtividade. Por isso, é importante selecionar o servidor adequado para o hardware e software da empresa. 

Um bom servidor pode ser escolhido para combinar, virtualizar e agrupar o sistema com o data center, lidar com qualquer trabalho, mas por um período limitado, pois o aplicativo que executa os negócios está em constante mudança.

Portanto, é fundamental entender os servidores. Várias organizações lidam com grandes cargas de trabalho, que movem para nuvens e os data centers locais exigirão menos funções. Essa vantagem é oferecida aos profissionais de negócios para buscar mais valor e desempenho da frota de servidores.

Além de promover a transformação digital dos negócios, a Vivo Empresas oferece várias ferramentas úteis para a sua empresa. Por isso, mantém um portfólio amplo e diversificado e oferece vários tipos de tecnologias, desde conectividade à Internet das Coisas (IoT).

Gostou deste conteúdo? Então siga com a leitura dos artigos recomendados a seguir e saiba mais sobre as soluções podem atender as necessidades do seu empreendimento:

Foto do autor
Solicite um contato